terça-feira, 28 de dezembro de 2010

PARA QUEM NUNCA VAI PASSAR >> Clara Braga

É impossível lembrar de todas as pessoas que passaram por nós nessa vida. Estamos constantemente esbarrando em pessoas novas, em novas situações e é normal não lembrar de todo mundo. Lembramos bem vagamente de muitos, com detalhes de alguns e perfeitamente de quase ninguém. E o contrário também é válido, muitos lembram de nós vagamente, alguns com detalhes e poucos lembram de nós como realmente somos.

Isso não significa que as pessoas que não lembramos ou que não lembram de nós não foram importantes, significa apenas que as pessoas seguem caminhos diferentes e acabam se afastando, e como todos estão cansados de saber, não é qualquer tipo de relacionamento que aguenta uma certa distância, mesmo ela não sendo física.

O bom é lembrar que para compensar essas pessoas que passaram existem as pessoas que nunca vão passar. Essas são as que estarão do nosso lado sempre que precisarmos, nos apoiando tanto em momentos maravilhosos quanto em momentos de dificuldade. Realmente é mais difícil encontrar pessoas que sejam assim, elas estão em nossas vidas em número reduzido, mas são tão verdadeiras que a quantidade não importa, é mais ou menos como o ditado: “O que importa é qualidade e não quantidade.”

Estou falando isso tudo pois ontem foi aniversário de uma dessas pessoas que nunca vão passar, sei que vai estar na minha vida sempre e então, para retribuir, quero deixar aqui meus parabéns e muitas felicidades para uma das pessoas mais importantes na minha vida, meu irmão.

Partilhar

2 comentários:

vanessa cony disse...

Clara,é verdade!!Dia desses escrevi lá no meu blog sobre isso,¨Encontro de almas¨.
Beijo grande!

Carla Dias disse...

Sorte do seu irmão que você saiba como não deixar seu amor por ele passar, por não transformá-lo em lembrança. Sorte sua tê-lo para lhe inspirar tal feito.