Postagens

SUSTO >> Paulo Meireles Barguil

"Por dentro Com a alma atarantada Sou uma criança Não entendo nada..." (Erasmo Carlos, Sou uma criança, não entendo nada ) E, então, algo inesperado, agradável ou não, acontece... – "Será que estou grávida?". Uma mesma situação é sentida de modo peculiar por cada pessoa, variando a intensidade e o tipo (agradável ou não). O surgimento (ou o desaparecimento), com distintas gradações temporárias, de uma pessoa, um animal, um fenômeno da natureza, um sintoma... – "Será que estou doente?". A ocorrência pode ser temida, querida ou desconhecida. Ah, este tempero agridoce da vida...

UM HUMANO-PARADOXO >>> Nádia Coldebella

Imagem
Um humano acordou certa manhã meditando sobre os paradoxos. ( Vou contar a história de um humano, talvez um homem, talvez uma mulher, não sei. De qualquer forma, vou chamá-lo de humano. Não quero me comprometer). Achou um absurdo, mas lembrou-se do sonho daquela noite, em que abandonava a cidade e ia para o campo.  Deixava de lado a roupa apertada, elegante, sufocante e calorenta que usava todo dia e passava a vestir roupas de algodão. Também andava descalço e passava seus dias cuidando de uma estufa.  - Um disparate! - o humano pensou ainda deitado, lembrando-se que o sonho lhe trouxera uma quase inebriante sensação de luz do dia sobre a pele do seu rosto. As cortinas do quarto ainda estavam fechadas e era muito cedo, mas mesmo que tarde fosse, o sol não passaria por ali, porque o apartamento ficava do lado do prédio em que o sol não chegava. No sonho ele morava em uma casa muito ampla e com muita luz. A luz entrava feliz toda manhã. E era ela quem o acordava e não o som estrepitoso d

VOCÊ MESMO >> Carla Dias

 Qualquer coisa que me leve a pensar melhor sobre o que desconheço é bem-vinda. Nos últimos dois anos, tenho encarado muitas mudanças e sei que isso não vem acontecendo somente comigo. O mundo sacudiu a todos nós nesse período. Aprendi muitas coisas, descartei outras, repensei até aquilo que nunca havia despertado dúvida em mim. Mas aí é que está... Não se trata exclusivamente de mim. Durante essa jornada de desapego, aprendizagem, revisão de sentimentos e conceitos, reflexão sobre o tempo a ser preenchido com a novidade de ter mil perguntas para fazer a si mesmo, observei também a minha ignorância a respeito do outro, de mim e do que não desejo para mim e nem para você.  Você mesmo. Eu não desejo continuar a ignorar como valsamos entre a nossa importância e a falta dela. No meu processo de reaprendizagem de mim, pouca coisa ficou no lugar e eu prefiro assim. Fazer de conta que o universo não pode virar tudo ao avesso a qualquer momento é construir nas nuvens o que só é possível alicer

A VIDA COMEÇA AOS... >> Clara Braga

Sempre tive agonia daquelas pessoas que definem data para a vida começar. Principalmente quando a pessoa define data para a vida dos outros começar, pois a dela vai de vento em popa! Acho que minha agonia, para não dizer irritação, acontece porque normalmente essa data para a vida começar nunca chega, é tipo esperar o capítulo final de A Caverna do Dragão! Quando se tem 18, sempre tem uma tia para dizer: sua vida nem começou, a vida vai começar lá pelos 20, 25 anos! Aí você faz 25 e a vida passa a começar só aos 30. Depois só começa aos 40, aos 50 e assim sucessivamente! Não sei o que essas pessoas tem na cabeça, daqui a pouco a vida vai acabar antes de começar! A vida começa quando começa, é isso! Chegou no mundo, respirou, está valendo! É bem verdade que tem horas que mais parece que a vida parou, ou até está andando de ré. Muitas vezes queremos apertar o reset, mas não tem jeito, chegou no mundo, seja lá como foi a sua chegada, é 1, 2, 3, valendo! Fico pensando de onde vem a necessi

ESTRELAS E TROVOADAS NO MONTE - final >> Albir José Inácio da Silva

  (Continuação de 27/12/2021)   Pessoalmente Moisés não tinha nada contra Emanuel, mas precisava dar uma resposta à comunidade. Os anciãos tinham razão, aquela subversão podia se espalhar. O moleque não era um baderneiro qualquer, em quem ele mandasse aplicar uns bolos e devolver pra mãe. A transgressão agora tinha outra natureza. Mandou trazer o herege.   O “Estado” de Israel estava organizado. Havia divisão de tarefas, de lucros e de jurisdição. O morro, pacificado, não sofria mais invasões da polícia ou de outros grupos. O arrego * era pago em dia e, depois da conversão de Moisés, ele e o comandante viraram amigos de infância.   Emanuel não era um trombadinha que precisasse de castigo.   Era coisa séria, de rebelião, de subversão. Por isso Moisés entendeu que era competência do DPO. Mandou levar o herege.   O JULGAMENTO   A jurisdição penal estava dividida: o movimento punia xis-noves, pequenos furtos, dívidas de drogas e macumbaria - esta já proscrita no morro

CHICO- ARTISTA BRASILEIRO >> Sandra Modesto

Imagem
Gosto do Chico na música, na literatura, na dramaturgia, no posicionamento político. Desde 2015, no lançamento de CHICO- ARTISTA BRASILEIRO, eu tive muita vontade de assistir.   Em 2016, vi o anúncio em um canal de TV por assinatura, a exibição do documentário. Planejei a gravação. Era setembro. Mês posterior ao impeachment da primeira mulher presidente do Brasil. Era eu aflita, triste, precisando de um acalanto, de um dueto. Eu queria respirar.  Às cinco horas e trinta minutos da tarde, apertei play, me joguei no sofá. Vídeo perto de mim... CHICO- ARTISTA BRASILEIRO. Vários momentos são marcantes do início ao fim. Depoimentos, interpretações de musicas nas vozes de cantoras e cantores.  O documentário tem duas horas de exibição. Foi importante. Pelo Chico artista e pelo Francisco, homem. O escritor fala da descoberta do irmão alemão. “O Irmão Alemão”- Título do livro lançado por ele em 2014, baseado na descoberta da notícia do irmão, e a busca pelo mesmo, em Berlim. O irmã