terça-feira, 29 de novembro de 2011

RITUAIS >> Clara Braga

Eis que estamos chegando naquela época do ano em que ninguém acredita em Papai Noel, nem mesmo as crianças, mas todos se tornam “bons garotos” na espera da chegada do velhinho e do novo próspero ano. E é ainda a época que representa o início dos rituais, o ritual da limpeza e o ritual da lista.

Para quem acha que não sabe do que eu estou falando, vou explicar por ordem. O primeiro ritual que acontece, que é onde entram os “bons garotos”, é o da limpeza, e normalmente se dá antes do Natal. Ele acontece da seguinte forma: nós, pensando nos presentes que vamos ganhar e nas novas roupas que sempre queremos comprar para usarmos nas comemorações, precisamos antes abrir espaço no nosso armário, e como fazemos isso? Nos livrando daquela enorme quantidade de roupa acumulada durante o ano todo que nem nos serve mais, daqueles utensílios seminovos que temos, mas que para nós já não presta. Tirando da estante aqueles livros que ganhamos e que já tínhamos lido, mas que não tivemos tempo de passar para frente, e fazendo de tudo isso, que para nós já é tranqueira, uma grande doação que vai ser para alguém o melhor presente de Natal que ele ou ela já ganhou!

Ao contrário do que pode parecer até aqui, isso não é uma crítica e eu não acho um absurdo, ou irônico, ou ruim que uma boa parte das pessoas só se lembrem de ajudar quem precisa uma vez ao ano. Por menor que seja o altruísmo dessa pessoa, pelo menos em algum ponto da vida, ela consegue olhar para o lado e ver que pode fazer algo pelo próximo, mesmo que essa relação com o próximo seja só uma forma de ela arrumar mais espaço no armário para comprar roupas novas. Ainda considero essa pessoa melhor do que aquelas que nem nessa época do ano onde o mundo é perfeito e todas as pessoas são felizes conseguem tirar o olho do próprio umbigo para separar um tempinho do seu dia para ajudar quem precisa.

Bom, considerações a parte, vamos ao outro ritual, o da lista. Esse já costuma acontecer depois do Natal, normalmente entre um ou dois dias antes do ano novo. E ele acontece da seguinte forma: nós pensamos em tudo que queremos para nossa vida no novo ano que vai entrar e escrevemos no papel. É realmente um ritual muito interessante quando você consegue lembrar onde você guardou a lista durante o ano todo e realmente se esforça em alcançar os seus objetivos, mesmo que eles mudem ao longo do ano, mas acho que todos temos que ter objetivos.

E esse ritual fica mais interessante ainda quando, antes de fazer a lista de metas, você faz uma lista de onde você estava antes de começar esse ano que está acabando e onde está agora, assim você tem uma idéia de tudo que já alcançou até o momento e a quantidade de metas que consegue atingir em um ano, para depois não fazer metas absurdas e se decepcionar por não conseguir cumpri-las.

Ah, e se você é do tipo de pessoa que gosta dos rituais de final de ano, coloque na sua lista: ajudar mais quem realmente precisa.

Partilhar

Nenhum comentário: