domingo, 13 de maio de 2012

MÃE, MUSA E MÚSICA >> Eduardo Loureiro Jr.

Ao entrar na barriga, vi você
à linda luz da sua branca alma.
Mãe, o mundo todo era você.
Eu era um peixinho em sua água.

 Minha mãe, minha musa, minha música.
 Minha mãe, minha musa, minha música.

Ao sair da barriga, vi você.
O mundo então cabia em uma lágrima.
Você não era eu, era você;
eu era um peixe vivo fora d'água.

 Minha mãe, minha musa, minha música.
 Minha mãe, minha musa, minha música.

Eu cresci sempre perto de você,
na barra da sua saia ou da sua calça.
Tudo que eu queria era você.
Melhor que a viagem, era a casa.

 Minha mãe, minha musa, minha música.
 Minha mãe, minha musa, minha música.

Em todas as mulheres, vi você:
a força, a fé, o amor e o cuidado.
Mãe, Deus deve ser como você:
envolve a gente por todos os lados.

Por onde quer que eu vou,
eu levo sempre a bênção de minha mãe.
Levarei sempre a bênção de minha mãe
aonde quer que eu vá.


Quem quiser fazer coro comigo, essas palavras têm uma melodia que está aqui:
http://patio.com.br/maze60anos/MaeMusaMusica.mp3



Partilhar

6 comentários:

Marisa Nascimento disse...

Eduardo,
Quanto mais te conheço, mais me surpreendo.
O que me reserva você no futuro?
Parabéns a sua mãe pelo seu dia, pelo seu filho!
Bjs.

Anônimo disse...

Oi,Junior

Obrigada pelo lindo presente.
Adorei ver de novo música e foto.
Também te amo muito.
Beijo
Mãe

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Se preocupe não, Marisa. Você já conhece quase tudo, não há muito mais com que se surpreender. :) Grato pela injeção de ânimo de sempre. ;)

Vicente Lima disse...

Manda às cifras!!! Se possível, claro. Muito bom.

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Grato, Vicente.
As estrofes: alternando Am / D7
O refrão: Am / D7 / Am / E
A parte final: Am / Dm / Bm7/5 / E / Am

Vicente Lima disse...

Muito bom, sua mãe deve ter muito orgulho de você!