Pular para o conteúdo principal

ACABOOOOOOOUUUU >> Clara Braga

- Filho, mamãe precisa escrever uma história! Mas a mamãe está tão cansada, que não consegue pensar em nada. Você pode me ajudar?
- Toma, pega esse livro!
- Ah, boa ideia! Vamos nos inspirar em um livro!

Então, meu filho de 2 anos sentou no meu colo e passou página por página de um livrinho infantil sem falar nada. Quando terminou eu perguntei:

- Então, você já se inspirou? Vai criar sua história?
- Vou! Era uma vez...
- Legal, começou bem, pode seguir!
- Um papel!
- Hum, interessante, ter um papel como personagem principal não é comum! Continue...
- Ele morava na floresta!
- Legal, faz muito sentido um papel morar na floresta! Talvez esteja tentando voltar às suas raízes, dá para escrever uma história ecológica! Continue...
- E pronto!
- Como assim pronto? A gente não fica sabendo o que acontece com o papel? O que ele fez? Achei muito curta essa história, vamos tentar criar uma um pouco maior?
- Tá! Era uma vez...
- Sim...
- Uma árvore de natal!
- Uau, essa é sucesso na certa, todos estão muito ansiosos pela chegada do natal e o fim desse ano doido! Continue...
- Pronto!
- Pronto? Mas não era para a história ser maior?
- Pronto! Acabou!!

Ele ficou impaciente, gritou que acabou e saiu correndo para jogar bola (sim, durante a quarentena nós liberamos bola dentro de casa). 

Eu fiquei ali sentada só assistindo e pensando de onde ele tirou aquela ideia de árvore de natal. Não consigo nem imaginar de onde surgiu essa referência, mas pensei no quão simbólica foi aquela cena! Afinal, quando finalmente chegar o dia de vermos árvores de natal, você vai ficar sentado pensando sobre como aquela árvore foi montada ou vai sair correndo gritando que acabou e chutando toda bola que aparecer pela frente? 

Comentários

Zoraya Cesar disse…
ownnn, q fofo, Clara! Espero q todos nós nos sentemos frente à nossa árvore de Natal, pensemos em seu significado e nos sintamos plenos e felizes. Tao felizes q, depois, saiamos gritando e jogando bola por aí.
Que lindo Clarinha!
O Theo está como nós todos, doido para este ano acabar.
Que estejamos bem pra comemorar o natal todos unidos numa só oração.
Beijo
Que lindo Clarinha!
O Theo está como nós todos, doido para este ano acabar.
Que estejamos bem pra comemorar o natal todos unidos numa só oração.
Beijo