Pular para o conteúdo principal

felicidade >>> branco




toda a minha felicidade
está enfeitando a prateleira da estante
na sala de estar da minha casa


toda a minha felicidade
emoldurada e aprisionada nas fotos dos porta-retratos
que estão na estante da sala de estar da minha casa




fotografia/arte : sonnie










Comentários

Anônimo disse…
Lindo, lindo, lindo de doer.
Carlos Eduardo disse…
"...toda a minha felicidade...aprisionada". De um inicio banal para um segundo verso esmagador. Velhice? Solidão? Tristeza?. Quando digo que você é o mago das palavras, pode acreditar. Você sabe maneja-las e levar-nos ao ponto em que deseja de maneira única.
Anônimo disse…
Brande Branco. simples mas profundamente reflexivo. Nos dias atuais as estantes seriam Facebook e Instagram?
Salete Ortiz disse…
Me ví olhando as fotografia aqui em casa. Obrigado por postar, você me fez companhia.
Sérgio disse…
Uma vida condensada em poucas linhas, cara isso é fodástico!
Irani da Silva Siqueira disse…
Parabéns! Magnífica crônica!
Walter disse…
E de repente me pego olhando para os porta retratos da minha sala de estar. Excelente!
Daniela Lara disse…
Tempos modernos nos quais a Felicidade virou apenas enfeite, algo de se apreciar e não de se viver...
Anônimo disse…
O porta-retratos guardando tudo o que você quiser ver ou tudo o que você viveu. Se existe um mestre que me proporciona reflexões profundas, esse mestre é você. Bravo!
Anônimo disse…
Mais uma bela obra que poderia ser a base de um rock progressivo bem interessante. Parabéns! Curti muito!
Alessandra Calil disse…
Me fez refletir sobre o passado...
Ótima reflexão.
Anônimo disse…
Triste e solitária realidade de muitos.
É a visão poética do cotidiano.
Rafaela Calil disse…
Sem palavras..
Rosana disse…
Lindo, quanta solidão! Mas ao mesmo tempo, foi uma pessoa feliz e tem o que recordar.

Zoraya Cesar disse…
De uma simplicidade melancólica acachapante. Me fez lembrar Retrato em branco e preto, uma das letras mais perfeitas da música brasileira. Gostei do comentário lá em cima, falando que caberia num rock progressivo. Pra mim, tipo Jetrho Tull.
A felicidade aprisionada. Não tem para aonde sair. Melancolia e beleza em estado fluido.
Unknown disse…
Me senti extremamente bem olhando minhas fotos antigas! Obrigada por me lembrar dos sentimentos bons que estão guardados ali. Parabéns!
Albir disse…
Felicidade aprisionada ainda enfeita e continua felicidade. Como você costuma dizer, muito mais que muito mais.