PRIMAVERA >> Paulo Meireles Barguil


Beleza abundante...

Paixão arrebatadora...

Primeiros dias...


Beleza contextualizada...

Paixão abrandada...

Algumas semanas...


Beleza fragmentada...

Paixão esfriada...

Alguns meses...


Beleza residual...

Paixão arrebatada...

Alguns anos...


— Ah!, primavera, por que não és eterna?

— Eu sou. Estou sempre aqui, mas só apareço alguns dias por ano...
 

[Rua Rebelo Horta com Avenida Antônio Abrahão Caran. Belo Horizonte – Minas Gerais]

[Fotos de minha autoria. De 24 a 26 de setembro/2015]

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESTRELAS E TROVOADAS NO MONTE - final >> Albir José Inácio da Silva

ESTRELAS E TROVOADAS NO MONTE - 2ª parte >> Albir José Inácio da Silva

PARA QUEM ACREDITA NO NOEL >> Sergio Geia