sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

A VIDA É UM JOGO DE FASES >> Paulo Meireles Barguil


A vida é um jogo de fases.
 
Em cada uma delas, há desafios para serem identificados e superados pelo aventureiro.
 
Enquanto você não cumpre a missão específica, a vida lhe coloca novos cenários e personagens, mas algo permanece inalterado: o que precisa ser aprendido, transformado no seu interior.
 
A maioria das pessoas ignora esse princípio e não entende que o mais importante na vida é o que acontece dentro delas e não do lado de fora.
 
O tempo despendido em cada estágio varia, pois relacionado às habilidades individuais, as quais são usadas para avançar, embora raramente elas sejam suficientes.
 
Suplantar as nossas fragilidades é, via de regra, a tarefa a ser assumida nos diferentes níveis, os quais não têm fim, embora o folguedo sim...
 
O jogo, embora apresente momentos competitivos, é, essencialmente, colaborativo.
 
Quando a pessoa entende isso, a jornada se modifica, tornando-se, ambas, mais leves e bonitas.
 
Afinal, ela descobriu um importante segredo: a riqueza da vida é partilhar o que se é, dividir para multiplicar.

E a gente colhe o que semeia, dentro e fora...
 
[Crônica dedicada a Samuel, meu filho de quase 19 anos, que me inspirou a escrevê-la e a entender um pouco mais sobre a vida.]


Partilhar