quinta-feira, 3 de março de 2011

QUAL COR SEUS PAIS TE DERAM?
>> Fernanda Pinho


Pensei em recorrer ao óbvio e falar sobre carnaval. Mas não tenho nenhuma história carnavalesca que mereça virar crônica (embora tenha vivido alguns carnavais inesquecíveis) e nem nenhum sentimento especial pela data – de amor ou de ódio. Eu até gosto de carnaval, mas pela mesma razão que gosto do dia de finados: feriado! Sem ter o que dizer, então, sobre marchinhas, bailes, agremiações, trios elétricos e fantasias, o que me resta do carnaval são as cores. Façamos, então, uma crônica de antevéspera, bem colorida.

Minhas cores primárias foram: branco, azul e vermelho. As cores referentes aos nomes das pessoas da minha casa. Pois é. Eu acho que os nomes têm cores e sei que é loucura compartilhada, pois minha melhor amiga, a Lili, também acha. Sendo assim, estabeleci: Léia, o nome da minha mãe, é azul. Luiz, o nome do meu pai, é vermelho. Paula e Fernanda, eu e irmã, nomes brancos. Pode até ser que haja alguma lógica inconsciente nisso tudo. Afinal, azul é a cor preferida da minha mãe. Vermelho é o apelido do meu pai. E é natural que duas irmãs tenham nomes da mesma cor. Mas não é simples assim. Eu não acho que Luiz seja vermelho porque meu pai tem o apelido de Vermelho. Só é a cor que vem à minha cabeça quando eu falo Luiz. Pensem bem, gente! Luiz! Quer coisa mais vermelha que isso? Luiz Carlos ameniza um pouco. Porque Carlos é verde. Não um verde vivo tipo Sandra, nem escuro tipo Roberto. É um verde claro. Paula e Fernanda são brancos porque são nomes abertos. Com muitos "AS", vocês entendem o que eu quero dizer, né? Nomes com muitos "IS" porém, tendem a ser vermelhos. Tipo Liliane, o nome da minha melhor amiga, que é ruiva. Mas uma coisa não tem a ver com a outra, repito. Mesmo porque, conheci Liliane quando nem era tão ruiva assim. Nomes que têm "U" puxam para o escuro. Afinal, as cores escuras são mais fortes que as claras e predominam. Juliana, por exemplo. Tem "I" e tem "A". Mas tem "U". Então é azul marinho. Agora, Juliane é azul e laranja. Porque tem "E" no final. "E" tem algo de laranja. Kelly é um nome bem laranja. Felipe também. E Gabriel também! Apesar de ter A e I, a terminação em “EL”, puxa para o laranja. Ouço alguém dizer: “mas não seria mais lógico esse nome angelical ser azul claro, cor do céu?”. Seria. Mas, já disse, não trabalho com lógica nem com embasamentos semióticos. "M" puxa para o amarelo. Maria, Mariana, Marina, Mayra. Tudo amarelo. Mas em tonalidades diferentes. Sendo Marina o do amarelo mais forte. Sabe aquele amarelo cor de manteiga? Então. Apesar de que Márcia, Míriam, Maysa são vermelhos. Vai entender. E Andréia, que nem começa com "M", é um amarelão bem cheguei. Os nomes diferentes também têm cores. Claro que têm! Não bastasse quase não ter xarás, eu os deixaria também sem cores? Não mesmo. Ainda mais eu, tendo tantos amigos de nomes peculiares. Rumenigue é muito grande. É como aquelse países de proporções continentais, que têm vários climas. É preto, vermelho e laranja (aliás, nesse momento eu visto uma blusa muito Rumenigue). Loreyne é lilás. Calypso, verde. Aleta, rosa bebê. E por aí vai. Desde criança, costumo colorir os nomes e, por consequência, as pessoas que carregam esses nomes. É estranho, mas é bonito. E muito particular. A Lili, por exemplo, aquela vermelhice toda, jura que Liliane é um nome branco. Vai entender.

E, para terminar como comecei, desejo que você passe este carnaval ao lado das suas cores preferidas.


Partilhar

18 comentários:

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Ah, Fernanda... Faltou dizer a cor de "Eduardo". Fiquei descorado. :(

Lia disse...

qual seria a cor de Lia?

Anônimo disse...

Gostei muito da crônica, mais não consigo relacionar nomes com cores principalmente com toda essa sua justificativa rsrsr.Ha vc vai ter q arranjar outro motivo pra gostar de carnaval pois carnaval não é feriado como pensam a maioria das pessoas, bem q meu patrão podia pensar como a maioria das pessoas.

Laís disse...

Qual é a minha cor? tomara que seja uma que eu goste...rs
Ferdi, teu pai é Luis Carlos? é o nome do meu, sabia?

Não tenho essa pira das cores com os nomes =/ pq será??? nunca tinha pensado nisso, aliás.
De qualquer forma, sou fã do colorido, seu texto ficou uma festa só..
beijo e bom descanso nesse feriadão!

Carla Dias disse...

Adorei em vermelho, azul royal, rosa choque, marrom terra, bege... Em cores primárias, inéditas, bem rodadas, que seja! E fiquei pensando qual cor teria o meu nome? O mesmo de Carlos? Acho que não, se pensarmos que entra um A na história... Andréia eu já sei que é amarelão (sou Carla Andréia!). Nossa... Tô me sentindo no carnaval dos nomes próprios e dos nada apropriados... Beijos!

Paula disse...

Irmã, talvez seja de família isso, porque eu tbm dou cores aos nomes. No entanto, discordo da maioria das suas tonalidades...
É muito fácil falar de um assunto com alguém quando este alguém não sabe nada sobre ele, porém eu também enxergo cores em nomes e discordo das suas justificativas.
Gabriel é azul menino.
Felipe é verde.
Lili é azul mais claro. Mas Liliane não o é (preciso pensar a respeito).
Fernanda não é branco, é azul turquesa.
Léia é muito laranja. (Aliás, nomes que tem "E" costumam ser laranja, salvo algumas exceções).
Luiz é verde escuro.
Carlos amarelo.
O único nome com "M" que eu me lembre que seja amarelo é Marcelo.
Marina, por exemplo é azul e vermelho (tonalidades amaricanas).
Paula concordo que seja branco...
Enfim.. é muito subjetivo, poucos entendem a essência disso...
No meu serviço tenho até encomendas: "E o meu nome, que cor é?". Tudo é uma questão de tempo. Sempre prometo que vou mentalizar o nome e respondo no dia seguinte.
Apesar das discordâncias, seu texto mostrou um pouco do que sempre quero explicar para as pessoas.
Bjos

Loreyne disse...

kkkkkkkkkkkkkkk q lindooo, amei, ainda mais q eu sou lilás, se não fosse ficaria deprimida pra sempre!!! rs
Bjuussss

Jujú disse...

Ai amiga, sempre morro de rir com essa tua mania de achar que os nomes tem cores! Como não entendo e não vejo cores em nomes não vou discutir com vc, mas já digo de antemão: azul marinho é cor de uniforme de escola! Hunft! hahahaha

E tô com vc, amo carnaval só porque me dá vários dias de folga, de resto! I´m out!rs

Lindo carnaval pra vc, ou feriado!!!

Beijos beeem coloridos!

fernanda disse...

Eduardo: seu nome é azul royal. Mas Dudu é azul marinho! rs

Lia: vermelho, tipo Lili!

Anônimo: não se preocupe. Acho que quem não tem essa loucura é maioria.


Lah: Laís é lilás! Nem sei se é porque as palavras se parecem. Não consigo explicar...hahaha

Carla: seu nome é branco como eu. Então seu nome é cor de ovinho frito...branco e amarelinho! Gosto muito!

Irmã: controle-se, ou vão achar que nossa fanmília é doida! Sempre achei que você enxergava diferente de mim, por ter os olhos verdes. Agora eu tenho certeza...rs

Reyne: sim, amiga, seu nome é daquele seu lilás preferido!

Jujú: amiga, se te alivia saber, sei nome tem minúsculas bolinhas vermelhas.

Juro que não sou doida, gente! Beijos!!!

Marilza disse...

Gostei de tudo! leve, colorido, solto. Acho que vou adotar o vermelho pro meu nome já que é bem próximo à Maysa...

fernanda disse...

Acertou, Marilza! Vermelho mesmo =)

albir disse...

Isso é mágica, Fernanda. Mostrar cores onde antes não havia. Ou não se percebia. É como confeitar.

Poeta Renato Douglas disse...

Olá adorei teu blog, lindo mesmo. Parabéns. Fique a vontade para fazer uma visitinha ao nosso “Alto-falante” e seja mais um membro. Você é nosso convidado especial. http://poetarenatodouglas.blogspot.com/.
Um grande abraço!

Renato Douglas!

Debora Bottcher disse...

Adorei isso: nomes coloridos... Só não consegui decifrar que cor seria Débora... Me dá um palpite? :) Beijo, bonita.

fernanda disse...

Muito obrigada pelos comentários gente! Albir, pessoa de nome vermelho. Renato, pessoa de nome azul. E Debora, pessoa de nome dourado! =)

Marisa Nascimento disse...

Fernanda,
Estou um "cadinho" atrasada aqui no comentário do seu texto. Mas não poderia deixar de dizer que isso não é loucura e sim um dom mágico em ver colorido onde tantos só enxergam a ausência do brilho e das cores. E eu acho que Marisa é vermelho, né? *torcendo para que seja*...rs
Beijos.

fernanda disse...

Isso mesmo, Marisa! Vermelho tomate maduro! =)

Eliane disse...

Queria ser Lilás, mas se não for tudo bem. Importante é ser "colorida".
Amei os confeitos.
Eliane-Lily