sexta-feira, 21 de agosto de 2015

O BAÚ >> Paulo Meireles Barguil

Engana-se quem pensa que o baú era usado somente em viagens.
 
De fato, ele se constituía num guarda-roupa portátil.
 
Além da praticidade, outras virtudes suas eram a durabilidade e a discrição.
 
Vários modelos e tamanhos, no passado e no presente.
 
Baú da felicidade: bilhete premiado para um futuro melhor.
 
Felicidade no baú: músicas, lembranças, sentimentos...
 
Cadeado, chave, segredo, lacre: tentativas de proteger quem está fora.
 
Melhor é deixar o baú aberto: quem quiser que olhe.

Quem tiver coragem que mexa.


Partilhar

2 comentários:

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Tô precisando encarar um baú: frio na barriga. :)

Carla Dias disse...

Ah, os baús...