domingo, 9 de agosto de 2015

EU NÃO SEI >> Eduardo Loureiro Jr.

Semana passada, não sei por que, reassisti ao filme "Rain Man", que eu havia visto há mais de vinte anos. O que mais me chamou a atenção foi a expressão "não sei", dita na maioria das vezes pelo personagem principal, mas também repetida, aqui e ali, por outros personagens. Usando das facilidades da internet, localizei o roteiro do filme, fiz uma busca por todas as vezes em que a expressão "não sei" foi usada e fiz a montagem abaixo. Não sei se fará sentido para um leitor que não viu o filme recentemente. Também não sei se fará sentido para um leitor que viu o filme recentemente. Muito menos se fará sentido para qualquer leitor. Eu não sei.

Eu não sei por que me meti nisso tudo. Eu não sei o que isso significa. 

— O que você teria feito se eu tivesse lhe dito antes que você tem um irmão?
— Eu não sei.

— Você leu isso tudo?
— Eu não sei.
— Você leu MacBeth?
— Eu não sei.
— Você leu todas as histórias deste livro mas não sabe se leu o livro?
— Eu não sei.
— Você gosta de Shakespeare?
— Eu não sei.

— Para o que você está olhando?
— Eu não sei.

— Eles lhe disseram que nosso pai morreu?
— Eu não sei.
— Não sabe se lhe disseram ou não sabe o que é morrer?
— Eu não sei.
— Quer vê-lo no cemitério?
— Eu não sei.
— Isso quer dizer que você talvez queira ir?
— Eu não sei.

— O que você estava fazendo no meu quarto?
— Eu não sei.

— O que está se passando com você, porque eu não sei.

— Como você fez isso?
— Eu não sei.

— O que você estava assistindo?
— Eu não sei.

— Eu não tenho tempo para isso...
— Eu não sei, eu não sei, eu não sei...
— Você não sabe?
— Não.

— Eu lhe comprei uma TV e você está olhando uma máquina de secar roupa?
— Eu não sei.

— O que vou dizer a eles?
— Eu não sei.

— Você está interessado em um encontro?
— Eu não sei.
— Você gosta de mim?
— Eu não sei.
— Você sabe dançar?
— Eu não sei.

— Eu não sei você, mas estou começando a me sentir um pouco tolo.

— Você já beijou uma garota?
— Eu não sei.

— Eu não sei como dizer isso de maneira fácil. Você não sabe nada sobre a gente.

— Você curtiu beijar uma mulher?
— Eu não sei.

— Você não quer mais perguntas, não é?
— Eu não sei.

— Eu não sei se terei chance de falar com você novamente...



Partilhar

5 comentários:

Analu Faria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Analu Faria disse...

Eu sei que gostei. Se fez sentido eu não sei.

Só sei que foi assim.

Lilu disse...

Não sei - Cora Coralina

Não sei ... se a vida é curta
ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita.

Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
não seja curta,
nem longa demais
Mas que seja intensa
Verdadeira, pura ...
Enquanto durar.

albir silva disse...

Precisamos aprender a "não saber".

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Analu, que bom que foi assim gostado. :)

Lilu, corei com a Cora. :)

Albir, já estou matriculado. :)