quinta-feira, 6 de outubro de 2011

ACABA SIM, MUNDO >> Fernanda Pinho

- Sabe o que seria oportuno?
- O quê?
- Que hoje fosse 21 de dezembro de 2012.
- Mas por quê?
- Porque dizem que é nessa data que você vai acabar de vez.
- E desde quando você quer que eu acabe?
- Desde hoje. Que, infelizmente, não é 21 de dezembro de 2012.
- Nossa, quanta amargura nesse jovem coração...
- Jovem? Eu não sou jovem...
- Assim você me ofende. Conhece alguém mais velho que eu?
- De fato, não. Por isso mesmo eu acho que você já tá fazendo hora extra...
- Qual é o seu problema comigo, hein?
- O problema é que você é chato. Tão chato que tem pessoas muito especiais indo embora de você.
- Ai, como você é ingênua.
- Ai, como você é chato.
- Eu não sou um chato que espanta pessoas. Eu sou um altruísta que, às vezes, divido minhas pessoas especiais com outros mundos.
- Aham, Mundo, senta lá.
- Me conta.
- O quê?
- Por que você tá assim? De mal comigo.
- Para começar, porque você não é nada seletivo.
- Como assim?
- Ai, ai, ai. Você tem 4,567 bilhões de anos e sou eu que tenho que te explicar as coisas?
- Você não vive me dizendo que tem que me carregar nas suas costas o tempo todo? Me explicar certas coisas faz parte.
- Então é isso. Você deveria selecionar melhor as suas pessoas. Tem muita gente aí que
parece que só quer atrapalhar.
- A culpa é sua.
- Minha??? Ha-ha-ha. Que engraçado você. Me culpando pelas suas escolhas erradas...
- Querida, eu te dou 7 bilhões de opções. Você se aproxima de quem você quiser. Eu não
posso fazer nada.
- Pode, sim. Afastar certas pessoas de mim, seria uma ótima. Você é tão poderoso. Pra que servem seus terremotos, tsunamis...
- Você não sabe o que diz. Deixa de ser egoísta.
- Ok. Você pega todas as pessoas do universo pra você e eu sou egoísta?
- Quem disse que todas as pessoas do universo são minhas?
- Não vai me dizer que você acredita em ET.
- Acredito até nos humanos, por que não acreditaria nos ET’s? Eu dou um voto de confiança aos meus companheiros de Via Láctea. E você deveria fazer o mesmo. Confiar mais nos outros. E em você.
- É muito fácil falar em confiança quando ninguém te acusa de nada, quando ninguém é leviano com você, quando ninguém machuca você...
- Peraí, em que planeta você vive?
- Egocêntrico... sempre puxando a conversa para você.
- Porque nesse caso é necessário. Para de olhar só para você mesmo. E olha pra mim. Eu nada mais sou do que um reflexo do que fazem comigo. Na história, eu sou um reflexo do que a humanidade faz comigo. Na sua vida, eu sou um reflexo do que você faz comigo.
- Tá bom. Não precisa dar palestra. Já estou culpada o bastante. Tenho apenas duas mãos e, bom, e o seu sentimento.
- E eu, que nem duas mãos tenho.
- Mas quem precisa de duas mãos quando se tem 4,567 bilhões de anos de experiência, né? E espero que esses sejam só os primeiros de muitos e muitos anos!
- Você não queria que eu acabasse?
- Você me convenceu. Mudei de ideia.
- Bipolar!
- Euuu? Bipolar? Polo Norte, Polo Sul. Isso te diz alguma coisa, senhor-primeiro-bipolar-da-história?
- Quer parar de fazer gracinha e me pedir desculpas por praguejar tanto contra mim.
- Desculpa, Mundo!
- Muita má vontade. Pede de novo.
- Mundo lindo, me perdoa. Eu te amo.
- Um pouco falso, mas tudo bem. Agora pede pra eu não acabar.
- Ah, sinto muito. Mas isso eu não posso fazer.
- Por que, não?
- Aí é plágio, né, colega...

__

Lançamento do livro ACABA NÃO, MUNDO.

Local: Canto da Madalena
Rua Medeiros de Albuquerque, 471
São Paulo
Data: 08 de outubro, de 2011
Horário: 17h


Partilhar

6 comentários:

Laís Bastos da Silva disse...

ótimo, ótimo, ótimo!
sem mais...

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Você não tem vergonha de se trocar com o Mundo, não? :) Ri a valer!

..DONA DAS BATATAS.. disse...

Hahahaahahahahahah só você pra fazer um texto assim tão... mundano!!!

Paula irmã disse...

boa boa boa, irmã.. deixa o mundo aí!

Debora Bottcher disse...

Ah!!! Vc sempre me fazendo rir diante da tela... :) Um beijo.
Adorei te ver ontem! Vc é exatamente como escreve! :)

Anna Christina Saeta de Aguiar disse...

hahahha, ótimo! Coitado do mundo, ficou pequenininho perto da inteligência dessa menina :P