Pular para o conteúdo principal

PESADELO >> Paulo Meireles Barguil

Há dois tipos de pesadelo.


Um acontece quando durmo e o outro quando estou acordado.


No primeiro, a solução é acordar.


Embora seja inseguro que ele não retorne noutra ocasião.


Ou, ainda, que a sua lembrança me visite durante a vigília.


No segundo, a solvência é dormir.


Ainda que seja duvidoso que ele não apareça no repouso.


Ou, ainda, que ele continue a me atormentar durante o descanso.


É um sonho viver sem eles...

Comentários

Cristiana Moura disse…
Se é de ter um pesadelo, prefiro mil vezes aqueles nos quais estou dormindo!