terça-feira, 3 de maio de 2016

AGUARDANDO A INTERVENÇÃO >> Clara Braga

Não é a primeira vez que passo por essa situação, acho até que já falei sobre isso em outras crônicas, mas com certeza essa foi a pior de todas as vezes e agora estou ficando preocupada, começo a pensar que talvez eu esteja precisando de uma intervenção!

Lembro de amar uma música da época mais brega do Bon Jovi, mas isso não é mais problema, todo mundo gosta de Bon Jovi hoje em dia. Lembro também de mostrar uma música muito boa para uns amigos meus e, depois deles curtirem e concordarem que a música era boa, eu revelei que era do Hanson, mas até aí sem problemas também, todo mundo tem uma banda que gostava na adolescência e não superou, eu superei os Back Street Boys, mas não é novidade pra ninguém que eu não superei Hanson nem Spice Girls!

Bom, mas depois de um tempo a situação começou a ficar grave, e esse momento foi o dia em que eu descobri que, sim, eu gostava demais de uma música do Justin Timberlake!

Relutei, neguei, mas era verdade. E quando eu menos esperava, a situação piorou um pouco mais: assisti a uma apresentação musical na televisão e adorei a música daquele rapaz que eu nunca tinha visto. A música era boa, o cara cantava bem e ainda era simpático, muito bom, mas quem era? Não quis acreditar, mas não tinha jeito, eu tinha gostado de uma música da carreira solo de um dos Jonas Brothers!

Sempre tentei não ser preconceituosa em relação à música, mas tem uns artistas que nunca fizeram meu estilo, não conseguia me imaginar ouvindo nada deles. Assim como tem artistas que eu amava e hoje em dia fazem músicas que não me agradam mais.

Mas, como eu disse, por essa última eu não esperava. Lá estava eu ouvindo rádio enquanto voltava para casa do trabalho quando começou uma música que tem tocado bastante, e toda vez que toca eu penso: essa música é tão bonitinha, vou pesquisar pra ver se descubro de quem é. Antes eu não tivesse pesquisado, o Shazam não encontrou a música, era o primeiro aviso, como uma mensagem dizendo: talvez você prefira não saber de quem é. Mas não, eu peguei um pedaço da letra e joguei no Google, e foi quando apareceu o nome que eu temi minha vida toda: JUSTIN BIEBER!

E agora? O que vem depois? Falsetes da Melody?!

Partilhar

Um comentário:

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Fique tranquila, Clara, acontece com quem se arrisca a não ser preconceituoso. Já cheguei a gostar de músicas da Ana Carolina e da Maria Gadu. :)