sexta-feira, 15 de abril de 2016

LAVAR LOUÇAS: O SEGREDO DA FELICIDADE MASCULINA >> Paulo Meireles Barguil


E o caos aconteceu: a diarista não veio. 
 
O pior: o xexo foi premeditado! 
 
Ela tinha decidido há vários dias que não iria mais trabalhar naquele local, mas resolveu destilar gotas de maldade na sua ação e não avisou ao ex-patrão, que só soube do veredito no final da manhã, quando ligou para saber o que tinha acontecido com ela. 
 
— Vida que segue — bradou, sem muita convicção, o rapaz, enquanto olhava para as pilhas de louças que, agora, o aguardavam. 
 
Ele acolheu aquela nova situação, tal como lhe ensinara o seu guru, embora em nível abaixo do indicado.

Aos poucos, ele foi aceitando sem resistência e ressentimento o ocorrido e, durante dias, semanas, meses e anos, foi lavando as louças que sujava.

Uma amiga sua, vendo-o, cada dia mais alegre, perguntou:

— O que está acontecendo para você estar tão feliz?

— Estou lavando louças!

— Deixa de me enrolar e diz logo quem é ela!

— Estou sem faxineira há anos.

— Eu sei disso. Eu quero saber o nome da sua namorada!

— Você guarda segredo?

— Claro! Fala logo!

— Tem um estudo científico que afirma que homem que lava louça é mais feliz.

— Eu não quero saber dessa pesquisa.

— Na verdade, são duas. Outra investigação revelou que lavar a louça ajuda a combater o estresse.

— Ok, desisto.

— Guarda bem o meu segredo, combinado?

[Crônica dedicada a K]


Partilhar

3 comentários:

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Para que guardar segredo? É um serviço de utilidade e de felicidade públicas. :)

Paulo Barguil disse...

As pesquisas podem ser divulgadas, mas não o fato de serem o motivo da minha felicidade. HAHAHAHAHA

Ediani Oliveira disse...

Vou falar dessa pesquisa para o meu pai haha :)