quarta-feira, 18 de junho de 2014

E AQUELA DA NORAH JONES >> Carla Dias >>


Apresento-lhes ele, um tocador de trompete que circula pelos bares da cidade tocando jazz na terra do samba. Mas nem pensem o contrário: samba ele também toca, e muito bem. Não só toca, como dança, e muito bem. Não só dança, como compõe, e muito bem. Não só compõe, como canta, e muito bem.

É filho de puxador e costureira, letrista de primeira, já foi premiado pela Associação dos Apaixonados por Samba, merecendo o primeiro lugar na categoria Corações Partidos, devido ao refrão do samba-enredo, um causador de embriaguez emocional.

Apaixonou-se por porta-bandeira, até se casou com ela, compôs vinte e sete canções para ela, jurou-lhe amor “eterno enquanto dure”, mas a cada vez que ela pisava na avenida, harmonizando-se com o mestre-sala, ele se escondia em algum canto dos bastidores do carnaval e tocava Blue in Green, aquela de Miles Davis e Bill Evans. Então, os tamborins silenciavam. Sua cabeça era esvaziada dos pensamentos equivocados, o trompete se tornava a extensão de si mesmo.

BLUE IN GREEN - MILES DAVIS

Ele é um trompetista que se apresenta pelos bares da cidade tocando jazz, na terra do samba, do rock e do et cetera. Apaixonou-se pela pluralidade, e foi muito cedo. Sabe dela as delícias e os remendos. Vive bem em avenidas e à mercê de sambas-enredo. O tocador de trompete também é esmiuçador de comiserações. Com as emoções amplificadas, ele segue o seu caminho, filho que é de puxador e costureira de escola de samba, aprendeu a cantar o amor e a remendá-lo quando preciso.

Apaixonou-se pela porta-bandeira, daquela escola de samba que vem entoando sambas-enredo de sua autoria há anos. Casou-se com ela, que chega da avenida e se despe da fantasia, toma banho demorado e se serve de vinho. Que lhe beija a face, enquanto ele toca o trompete. Que se senta ao piano, e toca e canta aquela canção da Norah Jones.


COME AWAY WITH ME - NORAH JONES

Imagem © freeimages.com


*Come Away With Me é uma música de Norah Jones em parceria com Jesse Harris.




Partilhar

3 comentários:

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Belo casal, Carla. :)

Zoraya disse...

Poesia em dose dupla...

Carla Dias disse...

Eduardo... Também gosto desse casal ;)

Zoraya... Pois é... As duplas...