terça-feira, 4 de dezembro de 2012

A FAMOSA BOLA FORA >> Clara Braga

Quem nunca deu uma bola fora? Eu mesma já dei várias, incontáveis vezes, já estraguei tanta festa surpresa que hoje em dia quando me chamam para uma eu fico nervosa e evito falar com o aniversariante até o momento da surpresa, chega a ser sofrido, mas faz parte, todo mundo, em algum momento da vida, já fez algo que não deveria ter feito.

Esse últimos dias fomos presentiados com a grande bola fora do famoso Felipão, que ganhou a seguinte manchete no jornal aqui de Brasília: "A primeira bola fora", ou seja, aguardem que vem mais por ai! A diferença entre eu dar uma bola fora e o Felipão dar uma bola fora é que quando eu estrago uma esta surpresa, no máximo as pessoas que estavam organizando ficam com raiva de mim por um tempo e depois passa, já quando o Felipão diz que quem não consegue trabalhar sob pressão e quer molesa tem que ir trabalhar no Banco do Brasil, que é só uma das maiores instituições do Brasil, ele conseguiu fazer com que muita gente, mas quando eu digo muita eu quero dizer muita mesmo, tivesse vontade de torcer para a Argentina na copa do mundo, e que, como o próprio Felipão falou, não é qualquer copa, é a copa no Brasil!

Convenhamos, eu sei que tem pessoas que concordaram com o que o treinador disse, mas se formos pensar em pessoas que só querem molesa na vida e não estão a fim de trabalhar sob pressão, vamos encontrar pessoas assim no Banco do Brasil? Com certeza! Assim como vamos encontrar no local onde eu trabalho, onde você trabalha, onde o vizinho trabalha e em qualquer outro local de trabalho, pois o que não falta no mundo é gente fazendo corpo mole, e a lista está cheia de treinadores e jogadores de futebol que também são assim! E digo mais, quem nunca acordou morrendo de preguiça, chegou no trabalho cansado depois de uma noite mal dormida e só enrolou, fez corpo mole e voltou para casa depois de tantas horas de trabalho sem ter feito nada? Eu já, você talvez já, mas o Felipão nunca, pois ele não trabalha no Banco do Brasil!

O mais engraçado é que o Banco do Brasil é nada mais nada menos que patrocinador do vôlei, que tem trazido grandes conquistas para o Brasil, diferente do futebol esses últimos anos. Espero que o Felipão lembre disso! E ainda tem mais, se era pessão que ele queria, agora conseguiu, porque eu tenho certeza que, até o final da copa, essa frase vai ecoar na cabeça de todo brasileiro, principalmente aqueles que trabalham no Banco do Brasil e não tem muito o que fazer, por isso vão estar na frente da televisão acompanhando a copa do mundo bem de perto, quer pressão maior do que o Brasil todo? É, já vi que dessa vez ou o Felipão consegue o título, ou o negócio vai ficar feio pro lado dele!


Partilhar

2 comentários:

Anônimo disse...

adorei,parabéns,Clara.agora ficou claro o que Felipão quis dizer.

André Luiz Ferrer Domenciano disse...

Há um mito. Emprego no BB era um dos melhores... Na época do meu avô. Típico de país pobre ou em desenvolvimento onde o setor privado é ridiculamente pouco desenvolvido e o sonho de todos é o emprego público. Já se foi esse tempo. Ainda bem! O Felipão e outras pessoas devem rever as suas metáforas. Beleza de texto colega!