Pular para o conteúdo principal

EU OLHO DE LONGE >> Clara Braga

Ela é uma menina...

Desculpem-me. Ela é uma mulher maravilhosa, mas que guarda dentro de si os ensinamentos que lhe foram passados quando menina...

Na verdade, peço licença à você leitor para recomeçar.

Ela é uma grande mulher que vive de acordo com tudo aquilo que faz sentido para ela dentro do que lhe é ensinado ao longo da vida, mas também com os aprendizados que a vida lhe impõe.

Ainda é difícil para mim, admiradora e espectadora, definir quem é essa mulher. E nem acho que seja minha função fazer isso. Mas é importante compartilhar com vocês que sei bem que desde menina, foi ensinado à essa mulher que ela é forte e pode dar conta de qualquer coisa.

Não são poucas as pessoas que ouviram de alguém que elas são fortes e podem dar conta de qualquer coisa. Principalmente meninas, que terão mais gente ao longo da vida tentando convencê-las do contrário. E garanto que a maioria levou essa frase para a vida de adulta. Mas penso que ela, a mulher a quem me refiro, levou isso tudo muito ao pé da letra.

Quem vê de fora, como eu, sabe que ela é mesmo forte, mas ainda me pergunto se existe no mundo alguém que realmente dê conta de tudo.

O problema das pessoas que são convencidas de que podem dar conta de tudo, é que elas tentam.

E o problema da pessoa que está tentando dar conta de tudo, é que ela sempre encontra alguém mal intencionado que vai testar seus limites. E ela vai tentar aguentar, afinal, ela pode dar conta de qualquer coisa.

Estou falando de uma pessoa específica, mas poderia estar falando de muitas pessoas. Esse caso é mais comum do que imaginamos, tenho certeza que você, leitor, pensou em alguém assim nesse exato momento.

Eu já disse à essa pessoa o quanto à admiro, e não foi da boca para fora. Ela realmente conquistou coisas maravilhosas. Mas às vezes, lá no fundo de mim, bem nos meus pensamentos mais íntimos, já me perguntei onde ela estaria agora se também tivessem ensinado à ela que ela deve sim resistir, mas que pode também desistir.  

Comentários

Sandra Modesto disse…
Arrasou! Mulher não tem que dar conta de tudo. Questionei sobre isso aqui em casa.
Que crônica maravilhosa! Parabéns!