Pular para o conteúdo principal

VI TUDO O QUE SE FAZ DEBAIXO DO SOL >> Whisner Fraga

Vi tudo o que se faz debaixo do sol, e eis: tudo vaidade, e vento que passa. 
Eclesiastes, 1, 14

um sol desdenhoso atrapalha o dia.

a menina sonda.

dia feio, arremato. ela caçoa.

mas.

nós deformamos tudo.

a menina contempla a criança que chora e compreende: feio. nós.

é assim.

a pedra que arde na palma.

às vezes ela nem quer falar disso, mas precisa.

a menina sabe que há coisas terríveis, salpintadas de ilusão.

estas plantas são para amenizar?

as gatas?

precisamos de sol, menina, mas nem tanto.

ela assopra um carinho.

o sol flameja seu egoísmo.

demais.

Comentários

Zoraya Cesar disse…
Whisner, às vezes seus textos me deixam meio tonta. Não sei o que pensar, pq eles me fazem pensar tanta coisa! Não sei se estou emburrecendo com a vida ou me tornando sensível demais. Sei que, não sabendo direito o que dizer, digo: lindo demais.
Albir disse…
Debaixo do sol, o que permanece é a verdade da menina.