HÁ UM LUGAR >> Fred Fogaça



Há um lugar onde as coisas acabam. Começam, se desenvolvem e: eu não sei, mas: o problema foi encontrá-lo - já a princípio. Pisado firme suas ripas, que sabe deus quem ao mal converteu, tremia ao longe os seus princípios; é que existem convicções que são nada além de grandes abalos. Como existem grandes fingidores - não por gosto.

Há um lugar em que o princípio era encontrá-lo. Se desenvolve o problema: começa o fim - eu não sei. Sabe deus das suas ripas que tremem, firme no mal a que se converteu; é que existem princípios de convicção - não por gosto - próprio de grandes fingidores.

É tudo um grande abalo.

Comentários

Zoraya Cesar disse…
Fred, Príncipe das Entrelinhas, todo cuidado ao ler vc é pouco. Vc e Carla Dias nos pegam tão gentilmente e, de repente, nos viram de cabeça pra baixo, sacodem, sacodem, até caírem todas as convicções que guardamos no bolso ao chão.

Postagens mais visitadas deste blog

LUGARES ONDE NUNCA ESTIVE >> Carla Dias >>

CHUVA, RESSACA, CONTOS E GAL >> Sergio Geia

MEU TIO >> Sergio Geia