Pular para o conteúdo principal

DIGA XIS>>Analu Faria

Se você acha que seu sorriso não é tão colgate assim e quer colocar um aparelho, por favor, não faça isso. Vá trabalhar sua autoestima, vá fazer yoga, gaste seu dinheiro de outro jeito. Acredite em mm:  a não ser que você tenha os dois dentes da frete bem no meio céu da boca, a ortodontia é muito mais feia que o seu sorriso.

Há um ano e meio resolvi desapinhar os dentes de baixo, porque, às vezes, dependendo do ângulo em que se olhava, eles davam as caras, ali meio fora do lugar. Não, o sorriso não era feio, o tal apinhamento, alegam alguns amigos, só era notado quando eu apontava: "tá vendo esses dentes tortos aqui aqui?  Bom, mas se havia jeito, por que não? Saí do consultório com um aparelho daqueles tradicionais, com bráquetes e tudo, nos dentes de cima também. Além disso, concordei com um combo horrendo que, a dentista me garantiu, era absolutamente necessário: uma cirurgia de extração dentária no ano seguinte e o aviso de que eu teria de usar uma espécie de parafuso para puxar os dentes para o lugar certo. Era pior do que eu pensava.

E tem sido mesmo. Tem a dor, amigos. Apertar um aparelho significa viver a sensação de alguém está chacoalhando os ossos da sua mandíbula ao mesmo tempo que te esmaga a cabeça. Continuamente. Por dias. Tem também a palidez, porque depois da manutenção você não vai conseguir comer nada muito sólido ou muito nutritivo por um tempo. Tem ainda o fato de que, quando você finalmente consegue comer, metade do alimento vai ficar preso entre os metais que adornam a sua boca. Por fim, tem a cena ridícula de, aos 39 anos, você cumprimentar seu crush e parecer uma adolescente.

Enquanto escrevo estas linhas, os movimentos forçados pelo aparelho fazem com que os dentes, já alinhados, agora ocupem o espaço daquela extração dentária, esta já feita há alguns meses. Meu sorriso já mudou de forma, e sim, ela é mais bonita. Eu fico me perguntando, contudo, se tanta feiúra no processo é capaz de justificar essa nova harmonia bucal. A resposta sempre me soa como um anjo malvado martelando a mente: "Deveria ter feito yoga".

Comentários

Zoraya Cesar disse…
hahaha, puxa, Analu, me desculpe rir de sua desdita, mas a culpa é sua, escrever de maneira tão engraçada. Mas, por outro lado, lamento. Eu tb coloquei aparelho depois de adulta e, olhando as fotos daquela época, nao sei como eu tinha cara de pau de sorrir na frente dos outros kkk. No entanto, não sofri isso tudo q vc relata não. Pelo menos em relação à dor e ao desconforto intenso. Agora, comida presa entre os dentes... prefiro nao lembrar.
Albir disse…
A maior virtude de uma coisa ruim é acabar. Sua tortura parece que está no fim.