sexta-feira, 4 de setembro de 2015

CONTAGEM AGRESSIVA >> Paulo Meireles Barguil


A primeira contagem que a gente aprende é a progressiva: 0, 1, 2, 3, 4, 5...

Ela nos permite quantificar objetos, brincar de se esconder...

Depois, a gente constrói a habilidade reversa, expressa na contagem regressiva.

Nos filmes, muitas vezes ela é mostrada quando é interrompida antes do seu final.

Há, também, a contagem agressiva, que é usada para mostrar a alguém a quantidade de coisas desagradáveis que ela, na perspectiva do contabilista, fez.

Ao avançar no tempo, cada pessoa está se aproximando do abismo, que é o passaporte para o próximo salto.

No anterior, choramos ao cruzar o despenhadeiro, enquanto os demais sorriam.

No próximo, quando estivermos atravessando o túnel, alguns chorarão.

Não por nós, mas por eles mesmos.

Desconfio que nessa viagem a gente sorri...

Partilhar