sexta-feira, 1 de maio de 2009

PORTO ALEGRE >> leonardo marona

ah, esse passo a passo surdo-mudo,
essas ruas que são gavetas vazias,
ah, essa família em paz, silenciosa,
essa carência inútil de tocar a pele.
ah, que triste esse bar escuro, frio,
com homens apinhados em território
de madeira de lei e frases mortas.
ah, como sinto-me próximo desse
fechar e abrir de mandíbulas áridas,
enquanto gurias correm e gargalham,
passando azuis pelo parque infestado
de camisinhas usadas e lembranças
pela metade e, ah, elas vão nas ruas!
as meninas, para onde elas correm
tão rápido, meninas que gargalham?
ah, porto alegre! as meninas que mal
sabem mas, também elas, perderão
tudo isso algum dia, mesmo assim
elas correm, as meninas, a passo
firme, para frente elas seguem juntas
e para muito, muito longe de nós.

http://www.omarona.blogspot.com/



Partilhar

Um comentário:

C. S. Muhammad disse...

Ô meninas más! :)