quarta-feira, 27 de agosto de 2014

DILEMAS DA VIDA >> Clara Braga

Tenho sono, mas não posso dormir até terminar o que tenho que terminar. Durmo tarde, acordo cedo, sinto sono à tarde. Não aguento, capoto depois do almoço, atraso o que tenho para fazer e fico, novamente, acordada até de madrugada.

Quero emagrecer, então como de forma saudável o dia todo. Mas quando vai chegando a noite, tenho que correr com meus afazeres para não ir dormir tão tarde, então como qualquer coisa mesmo, mato a fome e vou trabalhar. No dia seguinte, claro, sempre começo com um chá bem light, afinal, todo dia de manhã a minha missão é emagrecer, pena que eu vou esquecendo dela ao longo do dia.

Não sei ficar muito tempo sem fazer nada. Gosto de dias cheios que me façam sentir produtiva. Quando estou de férias, sempre chega um momento em que eu quero voltar à ativa e ocupar meus dias. No primeiro dia de trabalho, já estou implorando por férias.

Estudo muito para ser uma boa professora. Levo horas preparando uma aula. Na hora da aula, sempre tem uma turma que não presta a menor atenção. Então eu penso, próxima aula também não vou preparar nada de diferente, fico me matando para nada... No dia seguinte já começo a elaborar uma outra aula ainda mais diferente.

Toco bateria há anos! Amo! Mas ainda aprendo a tocar flauta transversal!

Depois de um salgado, nada melhor que um doce. Mas depois de um doce… vai dizer que um salgadinho não cai bem?

Quando está muito frio, quero calor, quando está muito quente, peço pelo frio! Mau de Brasília, calor sem praia é difícil mesmo.

É, há quem diga que isso é um princípio de transtorno bipolar. Mas quer saber, se for, tudo bem, o mundo é bipolar! Ou vai dizer que você não se identifica com nada disso… É difícil mesmo tomar decisões em um mundo tão cheio de opções. Mas se existissem apenas duas opções, o problema seria a falta delas, ou não?


Partilhar

Um comentário:

Alberto Lima. disse...

Me identifiquei muito com o texto!