Pular para o conteúdo principal

UMA CARTA PARA O THEO >> Clara Braga

Há 3 anos, o dia 22 de setembro caía em uma sexta-feira! Era um dia quente que anunciava a chegada da primavera! E assim, você decidiu que era hora de nascer!

Lembro de cada detalhe, de cada minuto e do quão difícil foram as 16 horas de trabalho de parto. As pessoas dizem que com o tempo você esquece, eu não acredito nisso, eu acho que com o tempo você entende!

Entende que vale à pena segurar no colo, colocar pra dormir, ver o primeiro sorriso, ouvir o primeiro “mamãe”, ver os primeiros passos, enfim, uma infinidade de coisas te fazem entender que toda aquela dor tinha um porquê de ser.

Não sou de romantizar a maternidade, acho injusto com as mulheres que só se fale da maternidade como algo mágico e necessário para que a mulher seja “realizada”.

Mas acho no mínimo justo com você, meu filho, que você saiba o quão amado você é! Obrigada por todos os ensinamentos, eu amo a família que nos tornamos com a sua chegada! Desculpe os momentos de impaciência e incerteza, mas sei que estamos todos crescendo juntos!

Feliz aniversário, sem parabéns para você, porque você não gosta!

Comentários

Sandra Modesto disse…
Que lindo, Clara! Parabéns pela carta.
José Maia disse…
Parabéns pra você tbem Clarinha ! Te conhecendo sabemos quão verdadeira é essa carta ! Além de ter orgulho de fazer parte dessa família ! Bjs
Albir disse…
Parabéns pro Theo, sem parabéns, que ele não gosta.