Pular para o conteúdo principal

CARTA ABERTA PARA XUXA >> Clara Braga

Olá Xuxa, tudo bem?

Ao longo da minha vida tive vontade de escrever para você várias vezes por motivos diferentes, mas dessa vez decidi que era hora de colocar essa vontade em prática.

A primeira vez que essa ideia me ocorreu foi em uma fase da vida na qual eu gostava muito de você, não coincidentemente, era uma época em que as pessoas de fato escreviam cartas umas para as outras. Ainda nessa época, um dos filmes que mais assisti - e quando digo isso estou falando de uma média de uma vez por semana - foi Lua de Cristal e devo dizer, até hoje acho o filme maravilhoso e se a música tocar em qualquer lugar eu canto todinha do início ao fim. Aliás, algumas partes viraram mantras da vida, tipo: tudo pode ser, só basta acreditar, tudo que tiver que ser, será! Quem precisa de livro de auto ajuda quando pode ouvir lua de cristal? Simplesmente a melhor música.

A segunda vez que quis escrever foi para falar da minha vontade de ser Paquita, mas convenhamos, essa deve ser uma das cartas que você mais recebeu na vida!

Na terceira vez, já mais velha, quis pedir para você me arrumar um lugar especial no seu show para assistir à apresentação do Hanson, nossa que invejinha que eu fiquei de você, também queria ter tido a oportunidade de conhecê-los. Aliás, a lista de pessoas que você conhece que eu queria ter conhecido é longa, acho que eu ia gostar de conhecer até a Cláudia que você mandou sentar!

Bom, tiveram outras vezes que quis falar com você, mas não vou lembrar de todas agora. O que importa é que lembro de outras duas muito emblemáticas: a primeira foi muito recente, quando começaram a mandar mensagens para você dizendo que está muito velha, as pessoas quando usam redes sociais parecem que ficam burras, o que leva uma pessoa a entrar no perfil de outra só para chamar a pessoa de velha? Aguentar essas coisas não deve ser mole, eu não tenho paciência com parentes que fazem comentários sem noção, imagina um monte de desocupados na rede social!

A outra emblemática foi o dia que quis pedir para você parar de gravar Xuxa só para Baixinhos, não aguentava mais ouvir patinho que foi e não voltou, Tchutchucão e afins! Sério Xuxa, 13? Para que tudo isso? Mas foi justamente essa última que me levou a escrever hoje: Xuxa, obrigada por todos os Xuxa só para Baixinhos, eu estava errada! Não só estava errada como tenho uma proposta: não sei o que você tem, se fez mesmo aquele pacto com o diabo e da para ouvir coisas quando coloca seu disco para tocar ao contrário, não me interessa, o que importa é que meu filho se recusa a ficar parado fazendo qualquer coisa por mais de 5 minutos, mas quando a roda do ônibus começa a rodar, ou o chefinho manda todo mundo dançar ele entra em êxtase e dança junto feliz da vida! Calma, a proposta não é transformar meu filho em um alienado da televisão, mas você precisa entender que não é só a Rainha dos baixinhos, é também a Rainha dos pais cansados e com fome, por isso estou querendo lançar o Xuxa só para os Pais poderem almoçar, que tal, topa?

Aguardo sua resposta ansiosa!

P.s: se você acha que esgotou todas as músicas em 13 edições não tem problema, meu marido é compositor, eu sou musicista e fotógrafa e meu cunhado grava clipes, estou disposta a resolver qualquer problema! Você só precisa aparecer e fazer sua hipnose!

Obrigada,
Clara Braga

Comentários