sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

COMO ESTÁ O SEU MESENTÉRIO? >> Paulo Meireles Barguil

Há cerca de cinco séculos, Leonardo da Vinci, um traquina inigualável, descreveu o mesentério.
 
Durante todo esse tempo, quase toda a Humanidade continuou a ignorá-lo.
 
Na Medicina, era considerado apenas como uma membrana que une o intestino fino ao abdome.
 
Numa analogia hidráulica, seria um cotovelo.
 
No início desta semana, cientistas iniciaram o resgate existencial do mesentério, descrevendo a sua anatomia e estrutura, bem como o elevando à categoria de órgão.
 
O próximo capítulo será determinar a sua função e, assim, compreender a sua importância para a saúde do Homem, uma vez que possui nervos, vasos sanguíneos e gânglios linfáticos.
 
No início de 2016, as ondas gravitacionais anunciadas cem anos antes por Einstein, foram detectadas, tendo sido considerada a descoberta mais importante da última revolução terrestre ao redor do Sol, e inspiraram uma crônica.
 
Não sei se o mesentério terá o mesmo sucesso, embora seu padrinho seja bastante afamado, mas pelo menos minha crônica ele já garantiu!
 
Sugiro que você o inclua na lista da próxima revisão de saúde... 


Partilhar

Nenhum comentário: