sexta-feira, 10 de junho de 2016

DESIGNIO SIDERAL >> Paulo Meireles Barguil

 
— Durante todo o próximo ano, você ficará solteiro! — sentenciou o astrólogo.
 
— Tem certeza? — indagou, perplexo, o cliente.
 
— Você pode até transgredir as configurações celestiais, porém eu sugiro você não fazer isso, pois as consequências deverão ser desastrosas! — esclareceu o versado na tradição milenar.
 
— Que chato! Logo agora que eu estava descobrindo os macetes... — murmurou, desolado, o rapaz.
 
O silêncio encheu o ambiente durante alguns segundos.
 
— E no próximo ano? — perguntou o freguês na tentativa de encontrar um consolo para atravessar o sombrio deserto romântico profetizado.
 
— Acho melhor não falar sobre isso agora. Daqui a um ano, você estará preparado para ouvir — retrucou o metódico profissional.
 
A sala, mais uma vez, ficou inundada pela ausência sonora.
 
O paciente, depois de muito refletir, resolveu aceitar os desígnios siderais.
 
Agradeceu ao previso, pagou a consulta e abriu a porta.
 
Antes de fechá-la, interrogou:
 
— Eu posso paquerar?


Partilhar

Nenhum comentário: