terça-feira, 29 de abril de 2014

PEQUENOS MOMENTOS >> Clara Braga

Uma vez comentei sobre as vantagens de ser míope e poder escolher as coisas que eu queria e não queria ver. Muito fácil, só tirar e colocar os óculos. Ainda continuo acreditando e gostando dessa vantagem, mas agora estou descobrindo uma nova forma de enxergar as coisas. Lentes, sejam muito bem-vindas à minha vida!

Sei que estou usando lentes há menos de uma semana, ou seja, ainda não tive a oportunidade de conhecer o lado negro da força. Elas ainda não caíram na pia enquanto eu tento colocar, não ficaram perdidas dentro do olho nem nada do tipo. Mas só de poder lembrar a sensação de enxergar as coisas sem óculos, já valeu.

Sim, é bem verdade que às vezes ainda tenho aquele impulso que as pessoas que usam óculos têm, e tento dar aquela ajeitadinha nos óculos, como se o estivesse retornando para o lugar certo, mas não encontro nada no rosto. Nessas horas, desvio o caminho e dou aquela leve arrumada no cabelo, tudo bem naturalmente, para ninguém perceber.

Engraçado também é reparar o quanto somos condicionados. Fiquei com medo de dirigir. Sempre dirigi de óculos. Se estou sem é porque não vou ver os carros, ou seja, vou bater. Mas esse medo durou pouco tempo, pois no momento pouca coisa é melhor do que a sensação de poder dirigir de óculos escuros durante o dia. Estou dirigindo até de vidros abertos, para todo mundo ver: olha, eu também uso óculos escuros!

E a sensação de não ficar com os óculos embaçados quando entro no carro depois de ele ter ficado horas estacionado no sol? E continuar enxergando em dias de chuva, sem aqueles pingos na lente? E poder ir para as aulas de dança e os óculos não voar longe enquanto estou dançando?

Sim, eu sei, isso tudo parece um monte de besteira, mas esses momentos simples têm feito meus dias mais felizes! Para completar a minha lista de momentos felizes sem óculos, só falta uma atividade: ir ao cinema e assistir a um filme em 3D. Deve ser sensacional não ter que colocar os óculos 3D por cima dos óculos de grau. Acreditem ou não, estou tão ansiosa por esse momento que pareço até criança esperando o Papai Noel. Só espero que haja bons filmes passando durante o feriado.


Partilhar

3 comentários:

Alberto Lima. disse...

"Estou dirigindo até de vidros abertos, para todo mundo ver: olha, eu também uso óculos escuros!"
Haha, que maravilha isso. Já eu sempre quis saber a sensação que é usar óculos. Ter uma péssima visão por um dia e usar um óculos de grau. Mas penso bem e acho que é melhor não.

Anônimo disse...

Adorei. Me sinto exatamente assim sem óculos, coisas bobas. E dançar sem óculos, melhor sensação não há, a não ser, é claro, o filme em 3D. Beijiinhos. Kelly.

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Que a lua-de-mel com os óculos se prolongue e que você continue nos trazendo as novas maravilhas que vê. :)