terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

É BEM MELHOR PAGAR COM VISA!
>> Clara Braga

Porque às vezes é tão difícil dizer algumas coisas para certas pessoas? Normalmente é mais difícil quando são pessoas com as quais a gente não tem muita intimidade.

Outro dia estava conversando com uma amiga que é cabeleireira e ela me contou de uma moça que tinha o rosto bem redondo e um cabelo bem ralo e liso. Essa moça chegou ao salão pedindo para minha amiga fazer uma escova no cabelo dela, mas não era qualquer escova, era daquelas que deixam o cabelo escorrido, que puxa tanto a raiz que parece que vai deixar a gente careca, e depois de tudo ainda passa a famosa chapinha que é pra ter certeza de que vai ficar liso de verdade. Minha amiga sabia que não ia ficar muito bom, o rosto da moça ficaria ainda mais redondo e o cabelo ainda mais ralo, mas o que fazer nessas horas, avisar ou não?

A verdade é que, independente da decisão que a gente tome, de avisar ou não, a pessoa não vai ficar feliz com a gente. É impressionante, podem reparar. Temos essa mania horrível de nunca estarmos contentes com a forma como as coisas acontecem. Se a pessoa avisa que estamos com a braguilha da nossa calça aberta, já ficamos logo irritados, afinal o que essa pessoa estava fazendo olhando para a minha braguilha, não tem nada melhor para olhar não? Que pessoa inconveniente! Agora, se essa pessoa percebe que estamos com aquele caroço de feijão preto tampando o nosso dente todo e não nos avisa, deixa a gente sorrir para metade da população brasileira pagando o maior mico, ai ficamos indignados. Poxa, que espécie de amigo ou amiga é essa que me deixa pagar esse mico e não me avisa? Amigo da onça!

Fiquei pensando nesse assunto durante um tempo e não consegui decidir se, no lugar dela, eu falaria para a moça que o cabelo dela não iria ficar muito bom. Lembrei, então, das ótimas propagandas do cartão Visa, que mostram a pessoa em uma situação constrangedora e, apesar do olhar de estranhamento, a pessoa diz apenas que é melhor pagar com Visa. É por isso que, para evitar esses olhares estranhos e facilitar a vida de vocês, gostaria de avisar a todos que, caso eu esteja com um feijão no dente, ou com a braguilha aberta, ou com a saia presa na calcinha, podem me avisar. Porém, gostaria de fazer uma observação, me avisem de forma discreta, me chamem em um canto, pois eu sou uma pessoa muito tímida e se você for daqueles que avisa para mim e para todas as pessoas ao redor que meu dente está sujo, eu vou cavar um buraco no chão e enfiar minha cabeça. Ou então, para evitar conflitos, diga apenas: "Clara, é bem melhor pagar com Visa!" Eu vou entender o recado e procurar onde está o problema.


Partilhar

3 comentários:

Anônimo disse...

Clara, foi tão boa a sua crônica

que, não me surpreenderei se i VISA

a convidar para "Garota Propaganda".
Bjs

Bivó

Tania Simoes Fuster disse...

GOSTO MUITO DE SUAS CRÔNICAS ,AS VEZES ATÉ PARECE QUE FEZ PRA MIM !!2523

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Clara, essa crônica pode ser paga de qualquer jeito. :)