DISCRIÇÃO >> Paulo Meireles Barguil


"Dizem que sou louco por pensar assim
Se eu sou muito louco por eu ser feliz"
(Arnaldo Baptista e Rita Lee, Balada do louco)

Numa época em que a (hiper) exposição é valorizada, admito, sem qualquer resistência, que minhas escolhas são, para muitas pessoas, loucuras.

Minha página no Facebook, que tem quase uma década, é alimentada apenas quinzenalmente com o link da crônica aqui publicada.

Os poucos convites de amizade que recebo são quase todos ignorados.

Desculpe-me se você estiver nessa situação.

Envie-me uma mensagem privada para que eu possa sanar essa pendência.

Depois de muito relutar, criei, há poucos meses, um perfil no Instagram, apenas porque, no contexto pandêmico, ele tem sido muito utilizado para divulgar atividades acadêmicas, o que não significa que eu as acompanhe...

Eu sequer cadastrei foto. 

E ainda não postei qualquer coisa.

Acredito que não preciso divulgar na internet o que faço, vejo, como, penso, sinto...

Se eu já pensava assim, imagina agora com tantos haters por aí!

Já bastam os fantasmas de carne e osso que nos assombram no cotidiano.

Tenho uma atitude distinta no que se refere à minha vida profissional, pois considero ser necessário partilhar o que produzo para, se for o caso, inspirar outras pessoas.

O contexto nacional sombrio tem me impulsionado a fazer coisas que me têm surpreendido, mas eu não posso assistir impassível a tantos incêndios, que destroem tantas belezas, naturais ou construídas por quem veio antes de mim.

Talvez minha discrição não me faça mais feliz, mas pelo menos ela colabora para eu dormir em paz.

E ninguém sabe quando isso não acontece, seja por um ótimo motivo ou não...

Comentários

Anônimo disse…
Legal sua atitude, pois faço o mesmo nem tenho alguma das redes sociais citadas por vc. Nunca se ouviu tanto falar em saúde mental, as pessoas estão adoencendo e não sei se é por essa exposição, mas algo está acontecendo para isso acontecer.
Zoraya Cesar disse…
Paulo, qq coisa q faça vc dormir em paz é justificável por si só.

Postagens mais visitadas deste blog

APENAS UM RETRATO >> Sergio Geia

OK? >> Sergio Geia

SACERDÓCIO >> whisner fraga