Pular para o conteúdo principal

natureza 2000 >>> branco


é bonito
quando as nuvens se quebram 
e seus pedaços caem sobre nós
em forma de chuva

é bonito
quando na manhã ainda sonolenta
saudamos alegremente
a chegada do sol

e nos campos
as folhas cobertas pelo orvalho
têm seu modo todo especial
de dizer bom dia

e as flores
em seu ciclo perfeito
bebem avidamente os raios de sol
para que a sua sede de criação
seja plenamente saciada

no crepúsculo
a brisa suave que acaricia nossas almas
é como um aviso de que a lua vai chegar
e iluminar os campos
e namorados se deitarão sob ela
e dirão palavras gentis e apaixonadas

agora estou caminhando pelas ruas
as lâmpadas dos postes clareiam precariamente meu caminho
repentinamente
percebo que minha sombra indiferente aos meus movimentos
tira o chapeu e se inclina
e desajeitadamente faz uma reverência
à vida









espaço amigo

comprem os livros

 "O privilégio dos mortos" de whisner fraga
acesse :
editorapatua.com.br
ou direto com o autor no inbox do facebook do whisner fraga


"baseado em palavras não ditas" de carla dias
acesse:

em breve
folhas vadias de sergio geia 










Comentários

Salete Ortiz disse…
Quanta beleza. Senti meu pé na grama molhada, senti o cheiro da terra. Lindo! Obrigada!
Marcos disse…
Até a natureza fica mais bonita em suas palavras. Parabéns.
Nelson Lima disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Nelson Lima disse…
Lindo, assim como está escrito o dia se declara para a noite e a noite se declara para o dia espetáculo da natureza.
Carlos Eduardo disse…
Começando a me faltar adjetivos para os elogios. Simples e fascinante e a cereja do bolo: O Espaço Amigo, digno da generosidade de quem pratica o que escreve. Bravíssimo!
Daniela Lara disse…
A natureza cortejando o homem e o homem quase indiferente. Quem nos dera que a gratidão, ainda que precária, não fosse uma prática não apenas de sombras. para pensar...
Anônimo disse…
Lindo...qu Deus continue a abencoá-lo e que o ilumine cada vez mais para que possamos continuar desfrutando de lindas crônicas..poesias..poemas e contos...muito obrigada por ser tão generoso meu amigo e nos prestigiar com tão lindas palavras..gratidão. .gratidão. ..gratidão. .NAMASTÊ!!!
Marcelinho disse…
Simplesmente maravilhoso! Todas as nuances da Vida em um olhar atento nas pequenas dádivas de DEUS! Não tem como não se transportar para o interior do texto... Apaiconante!!!
Unknown disse…
Parabéns Wilson Branco,a natureza contempla as obras das mãos de Deus
Perfeito
Unknown disse…
Parabéns Wilson Branco,a natureza contempla as obras das mãos de Deus
Perfeito
Mauro disse…
...e viva a vida!
Walter disse…
Gratidão pela vida sempre!
Unknown disse…
Parabéns!! Você está escrevendo d+ Urso🌻🌸🌷🍃🌿🌱🌾🍁🍂
Anônimo disse…
Lindo, leve e poético!
Rafa Calil disse…
Fazia tempo que não aparecia por aqui e quando entrei foi uma surpresa ser o dia de sua poesia. Mais uma vez, encantada.

Parabéns a todos os escritores desse site. Pura cultura!
Anônimo disse…
Como sempre um verdadeiro show. Grande poeta!
Anônimo disse…
Meu amigo não preciso nem dizer o quanto admiro seus pensamentos.. Nos faz viajar. Agradeco de verdade poder apreciar uma Leitura tão formosa quanto essa. Tamo junto meu amigo
Sérgio disse…
Do mais profundo sentimento surge a palavra: VIDA. Como ignorar tão belo poema?
Zoraya Cesar disse…
"minha sombra indiferente aos meus movimentos
tira o chapeu e se inclina
e desajeitadamente faz uma reverência
à vida"

Nem sei dizer o quanto amei esse pedaço. Que poeta lindo vc é. Lord White! Seus poemas todos são extremamente visuais.

(novamente lendo esse trecho, ele desperta tantas sensações! todas boas, leves, gentis - melancólicas tb, mas, ainda assim, felizes)
Carla Dias disse…
A poesia na cadência da lindeza. E a gentileza, né? Obrigada por sugerir meu livro. Beijo.
whisner disse…
que coisa linda. e obrigado por recomendar meu romance! abração.
Albir disse…
A natureza é mesmo linda. Mas acho que você consegue embelezar até um lixão, se o descrever.