terça-feira, 11 de junho de 2013

FICA A DICA >> Clara Braga

Eis que chega mais um dia dos namorados!! Ahhh, o amor está no ar! Mesmo você não tendo um namorado ou namorada, é difícil ficar indiferente a esse dia, afinal, jornais noticiam, programas falam sobre formas de surpreender seu parceiro ou parceira, vitrines dos shoppings sugerem diversos presentes e no seu trabalho ou sala de aula, alguém vai receber um buquê de flores.

Ninguém gosta de confessar certas coisas, mas vai dizer que não bate aquela invejinha quando alguém do seu trabalho é surpreendido com flores ou caixa de bombom? Só não dá inveja quando é carro de som, ai sim você respira aliviado por não ter sido com você! Ninguém merece carro de som...

Ano passado o dia dos namorados caiu em uma terça-feira, e lá estava eu escrevendo minha crônica e desejando um feliz dia dos namorados para todos, independente de terem ou não um namorado! Lembro que eu comentei da quantidade de críticas que eu li sobre o dia no facebook, diferente desse ano, que ainda não vi nenhum comentário sobre, só não sei se não vi os comentários porque eu tenho entrado muito menos no facebook ou se porque as pessoas que não tem namorado ou namorada resolveram encarar esse dia como um outro qualquer e não criticar.

Lembro-me também que depois de ler minha crônica, um colega meu veio conversar comigo e dizer que era fácil para mim, que tenho namorado, não reclamar da data, o difícil é ser solteiro nesse dia! E é por isso que esse ano, um dia antes do dia dos namorados, eu venho aqui dar uma dica para aquelas pessoas que, assim como esse colega meu, ficam um pouco cabisbaixos na data!

Essa dica eu recebi de uma professora que me deu aula no ensino fundamental. Ela era professora de inglês e, no dia dos namorados, contou para a gente que nos EUA o dia dos namorados é comemorado em fevereiro, é o tal do valentine's day. Só que o valentine para eles não é apenas namorado ou namorada, mas sim uma pessoa por quem você tenha muito carinho, uma pessoa que você goste muito. Depois de explicar isso, ela entregou um papel em forma de coração e falou para a gente escrever uma cartinha para uma pessoa que faça diferença na nossa vida, independente de ser ou não nosso namorado ou namorada.

Achei muito legal a atitude, até porque eu não tinha namorado, mas mandei um bilhetinho e recebi um outro de uma amiga, diminuindo a tal invejinha que sentimos daqueles que naturalmente já receberiam um. Então a dica é essa, se você está triste com a aproximação da data, já pense em uma pessoa querida e faça seu cartão, quem sabe você não recebe um de volta? Fazer com que a data seja especial só depende de nós! Feliz dia dos namorados a todos!


Partilhar

Nenhum comentário: