quinta-feira, 8 de março de 2018

HOJE É DIA>>Analu Faria

Dia de ganhar presente. Dia de protestar. Dia de pegar os filhos e sair de casa correndo, de madruga, fugindo do marido violento. Dia de sair naquela viagem deliciosa com a família. Dia de ter um dia de princesa. Dia de chorar porque as contas estão atrasadas e você é a única da casa que trabalha. Dia de esbanjar. Dia de comemorar porque conseguiu economizar. Dia de ler. Dia de não fazer nada. Dia de decidir não casar. Dia de ficar ansiosa para a primeira prova do vestido de noiva. Dia de contar para a família que gosta de outra mulher. Dia de ficar vendo Netflix agarradinha com o namorado. Dia de gastar num espartilho. Dia de queimar sutiã. Dia de enterrar a lua. Dia de chorar de raiva porque o coletor menstrual não quer entrar. Dia de rir, porque é engraçado demais ficar dobrando aquele copinho de mil jeitos até ele entrar em você. Dia de rezar. Dia de transar até cansar. Dia de ser assassinada por um membro da família. Dia de nascer. Dia de perder um filho. Dia de ganhar um filho. Dia de adotar. Dia de ser adotada. Dia de aguentar ser importunada na rua, porque é perigoso responder. Dia de ouvir um elogio e se sentir a barra de chocolate premiada do Willy Wonka. Dia de ser condenada e abandonada na cadeia. Dia de visitar o companheiro, o filho, o pai, o irmão preso. Dia de perdoar. Dia de acordar. Dia de ir embora. Dia de chegar. Primeiro dia de faculdade, último dia antes da aposentadoria. Dia de primeiros cabelos brancos. Dia de primeiros pelos pubianos.  Dia de amor. Dia de admitir o ódio. Dia de estudar 10 horas. Dia de passear no shopping. Dia de ser promovida. Dia de ser assaltada. Dia de prender bandido.  Dia de adorar o salto alto. Dia de por o pé no chão. Dia de trilha. Dia de se mudar para a metrópole. Dia de dar uma aula sobre criptomoedas. Dia de ensinar sobre ervas medicinais. Dia de aprender os dois. Dia de gritar. Dia de mergulhar no silêncio da meditação. Dia de mulher.













Partilhar

2 comentários:

Zoraya Cesar disse...

Perfeito e lindo, Analu. Sem comentários, pra nao estragar um texto perfeito.

Analu Faria disse...

Poxa, brigada, Zoraya! :)