terça-feira, 20 de outubro de 2009

CHOCOLATE ENTENDE DE MULHER
>> Felipe Peixoto Braga Netto


— Você não entende, eu estou enorme, não está vendo?

Não, eu não estava. Juro que eu não via. De enorme, ali, só uma vontade tola que não contei, não podia contar. Mas o que importa é o que ela achava, já está provado que homem não entende de mulher.

Se minha opinião valesse alguma coisa — e eu já sei que não vale —, arriscaria, baixinho: Mulher também não entende de mulher. Pelo menos não nisso de magreza. Minha gente, sinceramente, essas magras modelos sem graça que vocês acham lindas, não são. Vou repetir: não são.

Não queiram ficar assim, por favor. Relaxem, menos chá-verde, uma honesta cerveja de vez em quando é permitido, não mata. E preservem. Preservem a Amazônia, a camada de ozônio, a biosfera, mas preservem também as curvinhas, por favor. O planeta agradece.

Há quem veja duendes. Há quem veja fadas. Há quem veja quilos a mais. Mulheres, em especial, têm talento para isso. Enxergam inconcebíveis quilos inexistentes onde você, por mais que olhe, não enxerga nada. Para as mulheres, amor é importante, trabalho é importante, ser feliz é importante. Mas importante mesmo é ser magra.

E outra coisa (está tarde, preciso ser franco): homem que é homem não dá a mínima para celulite. Então, meninas, esqueçam esse pavor, esse trauma, essa terrível tragédia que não mata nem fere. Não conheço nenhum amor, até hoje, que morreu por causa da celulite.

A vida, gente, não é feita só de espinafre. Há lombos, lasanhas e tropeiros que esperam por nós. Tudo bem, acelga com tofu deve ser uma delícia, mas eu prefiro as ervas mediterrâneas. O manjericão, por exemplo. É leve, saudável, com uma pizza ao lado fica muito bom.

Comer direito dá tanto trabalho que não sobra tempo para mais nada. Ela me diz que fundamental, agora, é comer banana verde. Pode ser nanica, maçã ou prata, mas tem de ser verde. Não pode ter nem um fiapo amarelo, não pode ser uma banana adolescente. A banana verde tem pré e pró-bióticos (eu não perguntei, mas deve ser algo fantástico).

O segredo, ela conta, é cozinhar em panela de pressão, com casca. Depois, descascar e bater no liquidificador. Assim, ela pode ser deliciosamente misturada a sucos de frutas, ou ao que você preferir. Há quem prefira juntar uma porção de banana verde para cada prato. Eu não prefiro nada. Fico me imaginando saindo de casa com uma penca de banana verde nas costas, um liquidificador, uma panela de pressão, fazendo contas no restaurante. Não daria certo.

Chocolate, ao contrário, sempre dá certo. Sim, porque a única coisa que acalma, de fato, uma mulher, nas crises sentimentais mais graves, é uma caixa de chocolate. O resto até tenta, mas não consegue. Promete, mas não cumpre. Chocolate entende de mulher.

Partilhar

7 comentários:

Eduardo Loureiro Jr. disse...

É, Felipe, o jeito é a gente virar chocolate. :)

Nivaldo Vasconcelos disse...

Muito bom! seu estilo leve é extramamente delicioso, que nem chocolate e o melhor (para as mulheres com a tal obsessão) não engorda!
Abração e parabéns pela crônica

Kira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cláudia disse...

Querido Felipe, Acho que estou precisando de um caixa de chocolates... Parabéns mais uma vez. Sua percepção está corretíssima!Adorei!

fernanda disse...

Pronto, amigo, li todos os seus textos aqui. Ótimos, como sempre.

Sobre esse aí, nem vou discutir pq por mais que eu argumente vc nunca entenderia...kkkkk...mas te digo: conheço amor que já morreu por causa de celulite, sim: amor próprio!!! kkkkkkk

Só não fiquei invocada com seu texto "Quem manda ser romântica" pq eu acho que, no fundo, vc tb é um guaxinim (tb nunca havia escrito essa palavra. Obrigada pela oportunidade).

Mas quer saber o que eu mais gostei? Uma frase, despretendiosa, perdida entre parêntesis: "É sempre bom ter cavalos". Vc é a pessoa mais hilária q eu conheço.

Bjos!

Jornalistazinha disse...

Ótimo texto. Vou mandar pra umas amigas reclamonas que acham que a vida é dieta. Sempre digo a elas que só o chocolate salva =)

Abraços.

Ana Lucia disse...

muito bom! E celulite não passa de uma covinha no local errado!