sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

ÀS VEZES >> Paulo Meireles Barguil

 
Às vezes...

entre divulgar e guardar segredo, seleciono a publicidade;

entre continuar e pedir ajuda, delibero acenar.

Quase sempre...

entre o nada definitivo e o pouco incerto, prefiro a tranquilidade;

entre não acompanhado e sozinho, opto ser ermitão;

entre olhar para dentro e espiar para fora, decido mergulhar em mim;

entre digladiar e renunciar, voto na paz;

entre o molhado "Quero mais" e o seco "Estou saciada", resolvo pela hospedagem.

Todas as vezes...

entre fazer de qualquer jeito e realizar o melhor, cravo no superior;

entre escrever e não compor a crônica quinzenal, escolho a consciência tranquila.


[Labirinto no Parque Ecológico Visão Futuro, Porangaba – São Paulo]

[Foto de minha autoria. 05 de julho de 2015]

Partilhar

3 comentários:

Anônimo disse...

Em tudo, o que é certeza é que temos que realizar escolhas!

Paulo Barguil disse...

Sim, mas elas são incertas! HAHAHAHA

Analu Faria disse...

Que texto bom!!!