quarta-feira, 13 de novembro de 2013

CONSTRUINDO A FELICIDADE >> Carla Dias >>

Disseram-me que falar sobre a felicidade anda fora de moda, melhor não se meter com esse tema batido! Só que, mesmo em dias em que não sinto a menor inspiração, felicidade me parece um tema no seu frescor. Afinal, não corremos atrás dela o tempo todo?

Não há pergunta mais complicada de se responder do que você é feliz? Primeiro, porque você deve considerar o fato de que felicidade não é uma constante, que ela acontece em doses homeopáticas, abusa dos hiatos, mas também pode se alastrar pela nossa existência. A felicidade sentida em um momento crucial das nossas vidas nos acompanhará sempre. Ainda assim, acredito que a pergunta deveria ser você está feliz?

Estar feliz não é tarefa fácil, mesmo para aquela pessoa, que você acredita, nunca está triste. Ter uma personalidade inspirada na felicidade não significa ser feliz. Definitivamente, nós estamos felizes quando a felicidade acontece. O que podemos fazer é oferecer a ela mais oportunidades para se apresentar.

Chego à conclusão de que muito do que acreditamos ser felicidade necessita de construção, de cuidado. Felicidade não é sinônimo de gratuidade. O que existe são pinceladas dela, as que nos permitem compreender a vida com mais leveza. E para que possamos detectá-las e senti-las, precisamos estar em sintonia com as nossas emoções.

Sabe quando mãe diz que felicidade é ver o filho feliz? Então, o filho diz que felicidade é o videogame preferido, alguns anos depois, é conseguir o emprego almejado, logo adiante, é encontrar o amor que lhe inspire, e por aí vai. Felicidade de mãe é ver filho se tornando uma pessoa com muitos motivos para ter uma vida tranquila, recheada de bons acontecimentos, cercada de bons amigos.

Construção.

Felicidade pode ser considerada tema batido para muitos, mas espero que não para a maioria. É por meio dela que compreendemos a importância da delicadeza, enquanto nos construímos, durante a vida. E a delicadeza é matéria-prima da percepção sobre o que realmente buscamos para nós, sobre o que realmente importa para estarmos felizes.

E você? Está feliz?


FELICIDADE - AS CHICAS




Partilhar

Nenhum comentário: