terça-feira, 2 de julho de 2013

NÃO CONFIEM EM CHICO BUARQUE >> Clara Braga

Engraçado como todo início de semestre, seja ele início do ano ou não, parece ano novo! Atire a primeira pedra quem nunca começa o semestre cheio de energia, dizendo que dessa vez não vai deixar para ler os textos e fazer os trabalhos de última hora, que é para não ficar apertado no final do semestre. Igualzinho às promessas de ano novo que não duram até junho, e isso porque eu to sendo legal!

Esse semestre não foi diferente, comecei prometendo a mim mesma que eu seria o dobro mais responsável e não deixaria nada para última hora. Mas é incrível a quantidade de outras coisas mais interessantes que aparecem para serem feitas naquele tempo que estava reservado para ler o tal texto. E como o tal texto é só para a oooutra semana, porque não deixar para depois? E assim vai, fica para depois até ser o dia anterior a aula e você precisa ficar até de madrugada acordado lendo o tal texto. Ai você dorme pouco, fica cansado, mas não pode dormir cedo no dia seguinte para compensar a noite mal dormida, pois já tem outro texto que ficou para última hora e você precisa ler. E de noite mal dormida em noite mal dormida, surge o famoso cansaço acumulado! Maldito cansaço...

O problema desse cansaço é que ele te impede de fazer o melhor que você poderia fazer, você prefere fazer o mediano e dormir um pouco mais do que fazer de fato o seu melhor e acumular ainda mais cansaço. Até porque, daqui a pouco, para repor as noites mal dormidas você vai ter que dormir um semana inteira sem intervalo.

Eu infelizmente não conheci até hoje alguém que chegasse ao final de um semestre tranquilo, sem trabalhos acumulados. Se alguém conhecer, por favor, me apresente, preciso fazer um intensivo e entender como é essa vida de uma pessoa organizada. Nossa, tudo deve ser tão mais fácil, mais bonito, mais colorido! Essa pessoa deve ter até a pele mais macia, até porque consegue dormir 8 horas por noite! Ah, e também não tem olheiras, está sempre de bom humor, não tem stress, não passa mal de nervoso antes de apresentar um trabalho, até porque domina a matéria completamente, não tem gastrite e ainda consegue arrumar em sua agenda super organizada, momentos para se divertir com os amigos!

Tenho certeza que Chico Buarque diria que essa pessoa é uma bailarina, mas vai por mim, fui bailarina por sete anos e posso afirmar, Chico Buarque mentiu para todos nós!


Partilhar

2 comentários:

Ana Braga disse...

Não é bem assim! Precisamos realmente passar por essa tamanha experiência para concluir na "melhor idade" que todas as horas valeram a pena! Uma vida pacata e organizada demais é restrita de emoções. Faça boas escolhas, o que gosta e não terá Chico que diga o contrário. Sua tia e fã Ana Braga.

Anônimo disse...

O mais engraçado é que neste momento estou estudando para uma prova. Precisei pesquisar algo no www.patio.com.br e me deparei com sua crônica. Achei o título interessante e pensei "por que não ler agora?". E eis que o texto trata exatamente desta atitude, risos.