quarta-feira, 18 de abril de 2018

HOJE NÃO ESTOU AQUI >> Carla Dias >>


Hoje eu não estou aqui.

Não se preocupe em ser cortês, em se lembrar de acenar à possibilidade de me observar durante um segundo ou dois. Não estou aqui. E meu absentismo será languidamente representado pelo esguio soluço do vazio.

Caso minha ausência lhe provoque curiosidade, evite o desejo de desvendar a falta que sente de se ocupar com a minha presença, ainda que seja para se desviar dela com certa classe. Aliás, mora em mim a curiosidade sobre o que o leva a ignorá-la com tamanha dedicação.

Não estou aqui.

Não ajeitei palavras para criar diálogos necessários, tomando cuidado para que os sons não ultrapassem a medida e descambem na intimidade das longas conversas. Não há nada que você desame mais do que ser cativado pela conversa do outro, tornando-se impossível evitar de se gastar tempo com ela. Porém, hoje você não corre esse risco.

Hoje eu não estou aqui.

Não como estava ontem, sentada no canto da sala, espectadora de seus monólogos sobre importâncias que não alcançam ninguém, além de você mesmo. Já disse e repito: dia desses você se cansará de quem é. Olhará para si e compreenderá que perdeu um tempo valioso moldando uma pessoa que não gostaria de ser. Tudo porque não olhou para o canto da sala, onde silêncios eram tecidos feito uma delicada teia de esperas.

É o que dizem sobre os especialistas em esperas, os que dão chance ao improvável: um dia eles se esgotam, enlouquecem, fogem. Bichos assustados com a indecente subjugação que aceitaram, como se fossem colher benquerença no final do turno. Escravos dos sentimentos do outro; facilitadores das suas vontades.

Só que hoje eu não estou aqui.

carladias.com



Partilhar

2 comentários:

Zoraya Cesar disse...

Ainda te convenço a publicar um livro só com suas citações. Carla Dias's Quotes.
Olha só essa:
dia desses você se cansará de quem é. Olhará para si e compreenderá que perdeu um tempo valioso moldando uma pessoa que não gostaria de ser. Tudo porque não olhou para o canto da sala, onde silêncios eram tecidos feito uma delicada teia de esperas.
Se isso não é primoroso, não sei o que seria!

Carla Dias disse...

Zoraya, você já me convenceu a escrever um romance inteirinho com alguns textos que publiquei aqui. Se o Carla Dias's Quaotes sair, vai ser porque você escolheu as quotes. :) Beijos.