Pular para o conteúdo principal

VAZIO >> Paulo Meireles Barguil

Alguém querido que vai embora.

A aprovação que não acontece.

O abraço para sempre perdido.

O sorriso que não surge.

Lágrimas que regam o sedento futuro.

Comentários