CHEIO >> Paulo Meireles Barguil

Pessoa estimada que chega de repente.

O sonho que se torna realidade.

O aconchego para sempre encontrado.

O riso que ruge.

Farelos que alimentam o faminto presente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESTRELAS E TROVOADAS NO MONTE - final >> Albir José Inácio da Silva

CHICO- ARTISTA BRASILEIRO >> Sandra Modesto

UM TALVEZ >> Carla Dias