sexta-feira, 28 de setembro de 2018

PERSPECTIVA >> Paulo Meireles Barguil


"Pela janela do quarto
Pela janela do carro
Pela tela, pela janela
Quem é ela? Quem é ela?
Eu vejo tudo enquadrado
Remoto controle"
(Adriana Calcanhoto, Esquadros)


Diante da vida, abro ou fecho os olhos?

O que eu quero ver?

O que eu não desejo enxergar?

Qual é a qualidade da minha visão: hipnótica ou contemplativa?

O que preciso fazer para perceber melhor: aproximar-me ou distanciar-me?

Até quando evitarei fitar a minha cegueira?


[Fortaleza de Santa Cruz da Barra – Niterói]

[Foto de minha autoria. 16 de maio de 2010] 


Partilhar

Nenhum comentário: