ZONA DE CONFORTO >> Clara Braga

Quando os coaches começaram a aparecer em massa, também passamos a ouvir com mais frequência sobre a tal da zona de conforto. 

Posso estar enganada, mas pelo que entendo, estar na nossa zona de conforto significa estar em um estado físico e emocional que é confortável para nós, no qual não precisamos fazer esforço para estar ali pois nos sentimos seguros. Ou seja, imagino que estar na zona de conforto seja o objetivo de todos, afinal, quem não gosta de se sentir confortável e seguro, não é mesmo?

Mas, segundo coaches e gurus que dizem estar embasados nos dizeres de Einstein, estar na zona de conforto não é exatamente o que você deveria desejar, pois ela te deixa em um estado tão cômodo que te faz repetir sempre as mesmas ações, alcançando sempre os mesmo resultados e te fazendo viver no piloto automático. Quando você se propõe fazer diferente, sair da zona de conforto, é que você começa a alcançar resultados diferentes e encontra sucesso e felicidade.

Eu acho tudo isso muito legal, mas toda vez que alguém me diz que eu preciso sair da minha zona de conforto para resolver todos os problemas da minha vida eu, automaticamente, já concluo que essa pessoa não tem filhos. Se você conhece uma mãe que diz estar super tranquila na zona de conforto dela, interdita, ela certamente está clamando por ajuda.

Outra pessoa que me vem à mente sempre que começam a falar em zona de conforto é o Elon Musk. Não só me pergunto de qual zona de conforto exatamente ele precisou sair para ser quem ele é, mas fico sempre me perguntando o que será que aconteceu com as pessoas que ele forçou a sair da zona de conforto delas para que ele se tornasse um bilionário. Se estar fora da zona de conforto é tão transformador assim, essas pessoas já não teriam se unido e detonado pessoas como o Elon Musk?

Einstein que me desculpe, mas eu estou fazendo o que posso para encontrar a tal zona de conforto, e quando eu encontrar, meu amigo, eu vou segurar ela com tanta força que não vai ter santo que me tire dela. 

Comentários

Zoraya Cesar disse…
Concordo total, Clara! Mania dessa gente moderna de que temos de estar sempre felizes e positivos e q temos de sair da zona de conforto. Eu hein! Me deixem em paz na minha confortável zona de conforto. Qd ela ficar desconfortável eu saio kkkkk.
Nadia Coldebella disse…
O que queremos? Ficar milionários!

E porque queremos? Pra encontrar uma zona de conforto bem confortável!

E quando queremos? Agora, de preferência! (mas como não temos a mínima ideia de quando, podemos começar dando uma surra nos coachs da vida)

Um texto muito lúcido cuja perspectiva é compartilhada por todas as mães não interditadas de plantão.

Bjka!


Albir disse…
Muito bom, Clara! Se precisamos nos mexer e tomar providências se queremos atingir algum objetivo, nada nos impede de ter como objetivo a zona de conforto.

Postagens mais visitadas deste blog

CONFLITO >> whisner fraga

GIRÂNDOLAS, MADRIGAIS, SUBLIMAÇÃO >> Sergio Geia

ALUGUEM OS MORTOS >> whisner fraga